Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Neste Carnaval o samba-enredo é a segurança ferroviária

Norte de Minas – Neste Carnaval o samba-enredo é a segurança ferroviária

Norte de Minas – Neste Carnaval o samba-enredo é a segurança ferroviária

Norte de Minas – O Carnaval no Brasil é sinônimo de criatividade, alegria e bom humor. Mas entre paetês, glitter e muita purpurina, um elemento não pode faltar: a segurança. A MRS tem cumprido seu papel de trabalhar junto com a comunidade com o objetivo de conscientizar a população sobre segurança ferroviária. 

Norte de Minas - Neste Carnaval o samba-enredo é a segurança ferroviária
Norte de Minas – Neste Carnaval o samba-enredo é a segurança ferroviária

 

Para poder cantar o samba da segurança, a empresa investe em ações durante o período de folia – de sexta-feira a quarta-feira de cinzas. A média anual, somando esses tipos de acidentes registrados nos últimos quatro anos, é de 2,25. Em 2018, por exemplo, um único acidente foi registrado em toda a malha da MRS durante o Carnaval.

Neste período, a empresa reforça a atuação dos vigilantes nas passagens em nível e intensifica as ações de panfletagem. “Temos tido um resultado positivo, mas o foco sempre será zero acidente”, comenta o Especialista em Segurança Patrimonial, Marcio Barizon.

Em 2019, as ações seguem a todo vapor: a equipe de segurança vai reforçar suas ações, como panfletagens e blitzes, voltadas para a prevenção de acidentes nas Passagens de Nível impactadas pelas festas de carnaval, além de rondas e abordagens ao longo do trecho, em locais com possível acesso de foliões que busquem a via férrea para qualquer situação que os coloquem em risco. As atividades ocorrerão simultaneamente nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

Campanhas de conscientização nas redes sociais serão intensificadas neste ano para alertar os motoristas e pedestres dos riscos que envolvem a mistura de álcool, drogas e a ferrovia.

Em áreas de maior risco, onde a ferrovia corta a cidade e pode, eventualmente, cruzar com os trajetos de blocos, haverá um cuidado extra.

“Nosso objetivo é, principalmente, a conscientização dos pedestres e motoristas. Sabemos que acidentes podem ser evitados quando a sinalização é respeitada, quando há comportamento seguro por parte da população e quando a travessia é feita em locais apropriados, por exemplo”, afirma Gerente de Planejamento e Controle De Seguranca, Filipe Berzoini.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *