FENICS 2019 - ACI

Inicio » Mais Seções » Entretenimento » TV- Piscou, Dançou: Nova série da Netflix é criticada e chamada de ‘tortura televisionada’

TV- Piscou, Dançou: Nova série da Netflix é criticada e chamada de ‘tortura televisionada’

TV- Piscou, Dançou: Nova série da Netflix é criticada e chamada de ‘tortura televisionada’

Na semana passada a Netflix estreou a primeira temporada de “Piscou, Dançou”,  um reality de comédia e ação com uma regra simples: você não deve se mover. No entanto, as críticas nas redes sociais não foram as melhores e muitas pessoas apontaram que suas imagens revelam “tortura do entretenimento”.

TV- Piscou, Dançou: Nova série da Netflix é criticada e chamada de 'tortura televisionada'
TV- Piscou, Dançou: Nova série da Netflix é criticada e chamada de ‘tortura televisionada’

 

Em cada um dos 10 episódios, oito competidores participam de três desafios, todos filmados em celeiros em uma fazenda da Irlanda do Norte.

 

 

Submetidos a provas que forçam respostas automáticas do corpo – como o susto – cada participante que não consegue controlar os nervos é punido. As consequências podem ser dolorosas, como um choque elétrico, mergulhos na água, entre outros.

Entre as muitas críticas no Twitter,  uma usuária chamou o programa de “tortura televiosionada”, enquanto outra chegou a cancelar sua assinatura no streaming após assistir o programa que originalmente leva o titulo de “Flinch”.

“Hey @netflix Meu marido e eu assistimos ao trailer de Flinch e você acabou de perder dois assinantes. Eu não estou apoiando a tortura como entretenimento – que conceito repulsivo – com meus dólares. FAIL TOTAL”.

 

 

Por outro lado, outros usuários levaram os episódios para o lado do bom humor e lembraram de programas como “Jackass”, uma série de “pegadinhas” exibida pela MTV que acabou se transformando em filmes e ficou famosa no mundo todo.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *