PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINHAS em MONTES CLAROS

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google
Inicio » Minas Gerais » Belo Horizonte » MG – Mortos na tragédia de Brumadinho sobem para 243; buscas entram no 123º dia

MG – Mortos na tragédia de Brumadinho sobem para 243; buscas entram no 123º dia

MG – Mortos na tragédia de Brumadinho sobem para 243; buscas entram no 123º dia

Minas Gerais – A Polícia Civil identificou mais uma vítima da tragédia ocorrida após o rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Com isso, o número de óbitos confirmados subiu para 243. Até o momento, 27 pessoas seguem desaparecidas.

MG - Mortos na tragédia de Brumadinho sobem para 243; buscas entram no 123º dia
MG – Mortos na tragédia de Brumadinho sobem para 243; buscas entram no 123º dia

 

O desastre completou quatro meses no último sábado (25) e a Polícia Civil destacou que o processo de identificação dos corpos é complexo. Mas a corporação garantiu que trabalha dia e noite para identificar novas vítimas e entregá-las aos familiares. “São dias e noites de trabalho muito intenso, para trazer conforto aos familiares e oferecer a eles um pouco de alento, nesse momento de tanta tristeza e dor”.

Nesta segunda-feira (27), as buscas realizadas pelo Corpo de Bombeiros entraram no 123º dia. No total, 131 militares estão empenhados para localizar as vítimas em meio a lama que vazou da barragem. As equipes foram divididas em 18 frentes de trabalho e contam com 107 máquinas pesadas e um drone.

Tragédia

A tragédia aconteceu no dia 25 de janeiro, após o rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho. Na ocasião, a onda de lama devastou parte da estrutura da mineradora Vale e matou funcionários da empresa e moradores de comunidades próximas. Além disso, os rejeitos atingiram parte do Rio Paraopeba.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *