FENICS 2019 - ACI

Inicio » Economia » Jovens são responsáveis por quase metade do saldo de emprego em Minas Gerais

Jovens são responsáveis por quase metade do saldo de emprego em Minas Gerais

Jovens são responsáveis por quase metade do saldo de emprego em Minas Gerais

Minas Gerais – A diferença entre o número de admissões e demissões nas Micro e Pequenas Empresas (MPE) mineiras, em abril, foi de quase 2.000% maior que o saldo registrado em março (-776 vagas). Somente os jovens foram responsáveis por 49% do saldo total de emprego gerado pelas MPE no estado. É o que aponta o levantamento feito pelo Sebrae Minas, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Jovens são responsáveis por quase metade do saldo de emprego em Minas Gerais
Jovens são responsáveis por quase metade do saldo de emprego em Minas Gerais

 

De acordo com o estudo, as MPE mineiras registraram 101.711 admissões e 86.968 desligamentos, gerando um saldo de 14.743 empregos no período.  O resultado só não foi melhor que São Paulo, que obteve um saldo de 29.271 vagas.  Somado os quatro primeiros meses do ano, as MPE de Minas Gerais acumulam um saldo positivo de 35.319 mil vagas.

Outro destaque de abril, foi a representatividade dos jovens no saldo de emprego das MPE do estado com 7.270 vagas, sendo 286.513 contratações contra 21.243 demissões. Os adultos foram responsáveis pelo saldo de 6.608 empregos, já os idosos, tiveram o resultado negativo de -190 vagas.  Ainda em relação ao perfil dos empregos gerados pelas MPE mineiras, 69% foram homens, 51% eram pardos e negros e 60% tinham o Ensino Médio completo e/ou Superior incompleto.

Segundo o levantamento, as contratações do setor de serviço corresponderam a 42% do saldo de empregos das MPE mineiras, na frente da agropecuária, extração vegetal, caça e pesca (25% das vagas) e construção civil (16,5% das vagas). As atividades que obtiveram melhores resultados no período foram: trabalhador do cultivo de café (saldo de 1.377 empregos), motorista de caminhão (rotas regionais e internacionais (1.251 vagas), servente de obras (1.133 vagas), trabalhador volante da agricultura (1.043 vagas) e auxiliar de escritório (605 vagas).

 Nas regiões Centro e Sul de Minas as MPE mineiras geraram juntas um saldo de 7.276 empregos, 49% do total das vagas. As cidades melhor posicionadas no ranking do saldo de empregos foram: Belo Horizonte (2.383 vagas), Juiz de Fora (482 vagas), Pouso Alegre (445 vagas), Contagem (381 vagas) e Nova Serrana (371 vagas).

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *