FENICS 2019 - ACI

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google

Inicio » Colunistas » Victor Aragão » Coluna Meio Ambiente em Foco de Victor Aragão – Barragens de contenção e infiltração

Coluna Meio Ambiente em Foco de Victor Aragão – Barragens de contenção e infiltração

PROMOÇAO EXCLUSIVA POR TEMPO LIMITADO - CLIQUE AQUI, JÁ

Coluna Meio Ambiente em Foco de Victor Aragão – Barragens de contenção e infiltração

Nascia nos anos 2000, no Brasil, um sistema que prometia não somente aumentar a disponibilidade hídrica nos solos por meio das águas das chuvas como também agir ativamente nos processos degradativos, a fim de reduzi-los. O tempo se passou e quase 20 anos depois, as diversas ciências do ambiente reiteram os amplos benefícios ambientais e sociais dessas estruturas.

Definidas tecnicamente como bacias de contenção e infiltração, as barraginhas estão numa crescente no norte de Minas Gerais. Entre as estatísticas, em 2 anos na área de Montes Claros, pouco mais de 2 mil foram instaladas e monitoradas.

Grosso modo, essas barragens são ditas por muitos como escavações no solo, trabalham fortemente a área ambiental quando promovem a convergência das águas das chuvas para suas estruturas, onde são iniciados os processos de infiltração local, fazendo com que naquele ponto haja, periodicamente, um abastecimento do solo.

Neste sentido, a maior parte da água que teoricamente iria se dispersar pelo terreno, passa a irrigar as terras, trazendo não somente a possibilidade de recursos hídricos serem beneficiados, como também a chance de um melhor desenvolvimento das terras. Mais além, a contenção dessas águas pelas barraginhas faz com que as mesmas não ganhem velocidade pelo terreno, e assim, menos solo é carregado, menos erosão é acometida.

Essa sustentabilidade hídrica viabiliza não somente criatórios de peixes e animais diversos, como a irrigação de hortas e demais atividades exercidas no norte de Minas por agricultores familiares e comunidades rurais que dependem essencialmente da água, mas que lidam diretamente com o problema de escassez.

Felizmente, de forma gradativa tem-se observado uma atenção especial ao meio ambiente pela sociedade, em prol dos ambientes naturais, onde produtores rurais têm monitorado melhor suas terras, e desenvolvido técnicas conservacionistas dos solos de maneira um pouco mais fundamentada.

 

Victor Aragão
Victor Aragão

PROMOÇAO EXCLUSIVA POR TEMPO LIMITADO - CLIQUE AQUI, JÁ


Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *