SMART FIT - MONTES CLAROS

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Nacional » No dia da Amazônia, acordo libera R$ 1 bi da Lava Jato para a floresta

No dia da Amazônia, acordo libera R$ 1 bi da Lava Jato para a floresta

No dia da Amazônia, acordo libera R$ 1 bi da Lava Jato para a floresta

Resta só a aprovação do ministro STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes para que a Amazônia receba pouco mais de R$ 1 bilhão para investimento em ações pela recuperação da floresta e para combater o desmatamento e as queimadas.

No dia da Amazônia, acordo libera R$ 1 bi da Lava Jato para a floresta
No dia da Amazônia, acordo libera R$ 1 bi da Lava Jato para a floresta

 

Os recursos virão do fundo da Lava Jato, que tem R$ 2,6 bilhões e foi criado para receber parte das multas impostas à Petrobras nos Estados Unidos pelos prejuízos causados a investidores estrangeiros por conta dos casos de corrupção.

O acordo que definiu a destinação do fundo foi fechado na quinta-feira, 5 de setembro, mesma data em que se celebrou o Dia da Amazônia. Pelo pacto firmado pelo governo federal, a Procuradoria-Geral da República, a Câmara e o Senado – e que ainda precisa ser validado por Moraes, relator da ação –, a Amazônia receberá R$ 1,06 bilhão e a educação ficará com R$ 1,6 bilhão.

Do dinheiro que irá para a Amazônia, R$ 630 milhões serão executados diretamente pelo governo federal e R$ 430 milhões serão investidos em parcerias entre a União e os estados da região.

Com 30,9 mil focos de incêndio, a floresta registrou no último mês de agosto o maior número de queimadas para o mês desde 2010, segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

As soluções para as queimadas, que também afetam porções da floresta em nações vizinhas, serão discutidas hoje em reunião entre os países amazônicos e também devem ser alvo de debates na próxima Assembleia geral da ONU (Organização das Nações Unidas), a partir do próximo dia 17.

Aviso

  • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *