Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias
Curso - Fórmula da Eleição 2020
Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Idoso morre após ser linchado suspeito de estuprar criança em Januária

Norte de Minas – Idoso morre após ser linchado suspeito de estuprar criança em Januária

Norte de Minas – Idoso morre após ser linchado suspeito de estuprar criança em Januária

Norte de Minas – Um idoso de 70 anos morreu após ser linchado suspeito de estuprar uma menina, de 11 anos, em Januária, no Norte de Minas. Segundo informações do boletim de ocorrência, a menina contou que estava passando em frente a casa do idoso, quando foi arrastada por ele para dentro do imóvel e o homem retirou as roupas dela e começou a acariciar os seios e o abdômen. Ela gritou por socorro e alguns vizinhos entraram na casa e começaram a agredir o idoso.

Norte de Minas - Idoso morre após ser linchado suspeito de estuprar criança em Januária
Norte de Minas – Idoso morre após ser linchado suspeito de estuprar criança em Januária

Quando a polícia chegou ao local, a casa estava revirada e o idoso estava caído no quintal ensanguentado. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e morreu depois de dar entrada no Hospital de Januária. A criança também foi encaminhada para a Unidade de Saúde, onde passou por exames.

O corpo do homem foi levado para o Instituto Médico Legal de Januária e a Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar o caso. A criança e a mãe já foram ouvidas, mas a polícia não deu detalhes sobre o depoimento delas. “A menina passou por exames e ainda não tivemos acesso ao resultado dos laudos. O homem foi linchado por várias pessoas e estamos apurando a autoria e de que forma se deu as agressões. A causa da morte foi traumatismo craniano por instrumento contundente. Já temos alguns suspeitos e estamos fazendo diligências”, explicou a delegada regional, Lujan Souza. O inquérito que investiga o caso deve ser concluído em 30 dias.

Segundo a delegada, o homem é tio da mãe da criança, mas ela não informou como era o relacionamento familiar deles porque o caso ainda está sendo investigado.

O Conselho Tutelar acompanhou a ocorrência e coletou dados da vítima e da mãe. Segundo a Conselheira Juliana Aparecida Barone, as duas serão ouvidas nesta terça-feira (5). “O Conselho vai aplicar medidas de proteção para a criança e encaminhá-la para o Centro de Referência Especializada de Assistência Social, que acompanha casos de violência sexual e tem uma equipe com psicólogo e assistente social”, disse.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *