Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Montes Claros – Igreja Adventista do Sétimo Dia promove projeto de oração

Montes Claros – Igreja Adventista do Sétimo Dia promove projeto de oração

Montes Claros – Em uma sociedade onde as incertezas, insegurança e intransigência imperam em muitas situações, muitos buscam na fé a esperança de dias melhores. Como forma de incentivar, motivar e proporcionar momentos de reflexão, a Igreja Adventista do 7º Dia realiza mundialmente, todos os anos, o projeto denominado 10 Dias de Oração. Este é um movimento para que milhões de pessoas mudem sua rotina e durante dez dias, dediquem mais tempo à oração e reflexão, por motivos específicos e um dia para o jejum.

Pastores adventistas mobilizados e envolvidos nos 10 dias de oração
Pastores adventistas mobilizados e envolvidos nos 10 dias de oração

 

O projeto 10 Dias de Oração iniciou na quinta-feira, 06 de fevereiro, e termina no próximo sábado 15 de fevereiro. O projeto acontece nos mais de 25 mil templos em 8 países da América do Sul (Uruguai, Argentina, Equador, Bolívia, Chile, Paraguai, Peru e Brasil).

Igrejas adventistas espalhadas em vários bairros da cidade estão  participando desta corrente de fé e orações.

Pastor Moises Carvalho Júnior, presidente da Igreja Adventista do Sétimo para o Norte e Noroeste de MG, ressalta a importância deste projeto de oração. Ele explica que no escritório administrativo desta instituição religiosa, pastores, administradores e servidores, durante todo o dia, separam alguns momentos para orações, visando o fortalecimento da fé, por alguém em situação de dificuldades e pela família.

Este é um movimento para que milhões de pessoas mudem sua rotina e durante dez dias, dediquem mais tempo à oração e reflexão
Este é um movimento para que milhões de pessoas mudem sua rotina e durante dez dias, dediquem mais tempo à oração e reflexão

 

Para o analista de sistemas, Célio Luna, participar deste projeto de oração é a oportunidade para se renovar espiritualmente e para interceder pelas autoridades constituídas, família, pela sociedade como um todo.   

Cristiane Cardoso, frequenta a igreja adventista do bairro Renascença em Montes Claros. Afirma que participar desta corrente de oração é a oportunidade que tem de desenvolver uma vida de intimidade com Deus. Para ela essa intimidade não pode ser somente nesses 10 dias de oração, mas sim em “todos os dias da nossa vida”.

“Tenho buscado Deus todos os dias nas primeiras horas de cada dia, e tem sido uma benção para a minha vida”, assegura Cristiane.

Emocional x fé fortalecida

Na concepção do psicólogo Alexandre Ramos, a oração pode ajudar nas questões emocionais. Segundo ele, a psicologia em si, “considera a oração como um dos mecanismos da psicoterapia”. Ramos explica que já existem provas científicas que o sistema das emoções responde com efeito positivo a prática da oração constante. “Ela mexe com os neurotransmissores, como da endorfina, o que é muito positivo”.

“A oração, a fé, a crença na existência de um Deus pode combater vários transtornos, como por exemplo, o do medo. A oração é um grande remédio, um antítodo para vários transtornos mentais”, frisa Ramos.   

Para o médico clínico geral, Dr. Manoel Machado, uma oração, uma prece, tem o poder de desencadear diversos mecanismos no corpo humano. Explica que no cérebro, por exemplo, através de alguns minutos de oração, algumas áreas responsáveis pela auto- reflexão e pelo auto-controle são ativadas.

“É como se nossa mente fosse desligando-se, preservando-se e isso, nos faz pensar e agir com mais clareza, com mais intecionalidade. Ou seja, a oração nos transporta para um estado emocional e cognitivo mais profundo e sincero, fortalecendo nossa fé no Deus que nos ouve”, finaliza Machado.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *