Empréstimo Consignado para aposentados, pensionistas do INSS

Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

As previsões e tendências do comércio eletrônico para 2020

 As previsões e tendências do comércio eletrônico para 2020

Saiba quais serão as novidades dos e-commerces para melhorar a experiência dos seus usuários

 As previsões e tendências do comércio eletrônico para 2020

O comércio eletrônico, mais conhecido como e-commerce, vem fazendo o maior sucesso no mercado, por ser altamente eficaz e econômico, quando comparado às lojas físicas.

No caso das empresas que possuem comércio físico e desejam expandir para o mundo virtual, elas devem atentar-se à implementação de canais integrados, para que todos os meios de vendas “falem a mesma língua”.

E como a internet só tende a expandir, várias previsões e tendências do setor de e-commerce já estão sendo feitas para 2020.

Se você, empreendedor on-line e off-line, não quer ficar para trás, confira abaixo quais serão as novidades que você deve conhecer e adaptar ao seu negócio.

Pesquisas por meio de comando de voz 

A tendência de buscas através de comando de voz vem ficando cada vez mais forte entre os usuários de smartphones e televisões, e esse recurso não poderia ficar de fora dos e-commerces também.

Devido à correria do dia a dia, as ferramentas facilitadoras ganham ainda mais notoriedade e são mais exploradas, e esse é o caso do reconhecimento de fala. Cada vez mais as pessoas deixam de realizar suas buscas e comandos por meio dos teclados e recorrendo ao comando de voz.

Nas lojas virtuais, o comando de voz não funcionará apenas por uma palavra específica, mas sim por forma de pergunta. Isso facilita tanto para os consumidores quanto para as empresas, que entregarão uma experiência fantástica aos seus clientes.

Personalização de anúncios

Para que uma campanha publicitária seja eficaz, é preciso saber o contexto certo para investir e garantir, assim, uma alta relevância e uma considerável taxa de cliques na internet.

Os anúncios automatizados baseiam-se na localização do usuário e entregam a ele um conteúdo personalizado, que melhor lhe agrada, com a finalidade de fazê-lo conhecer e futuramente, comprar o seu produto ou serviço.

Quando o usuário percebe que a empresa faz questão de agradá-lo, fica mais fácil conquistar sua confiança e preferência.

Aprimoramento no ambiente mobile 

No último ano, o índice de pessoas que passaram a fazer compras usando o celular aumentou significativamente, fazendo com que as lojas virtuais começassem a investir mais na melhora de suas plataformas no ambiente mobile.

Muitos sites travam ou não possuem uma visualização de qualidade quando são acessados pelo celular, o que acaba frustrando os usuários que exigem um acesso rápido e funcional.

Nesse caso, é válido investir em websites leves e alocá-los em ambientes que suportem uma alta taxa de cliques simultâneos sem causar bugs e falhas.

Adicionar fotos e vídeos nas avaliações dos produtos 

Antes de comprar algum produto pela internet, é sempre bom conferir a opinião dos outros compradores sobre o item em específico. Não há nada pior do que receber o produto e ver que ele não é nem um pouco daquilo que imaginávamos e acabar jogando dinheiro fora.

Pensando nisso, alguns sites começaram a disponibilizar nas suas áreas de avaliação espaços para os usuários mandarem vídeos e fotos sobre o produto, não apenas texto.

Essa novidade comprova que a empresa preza pela satisfação e segurança de seus clientes, aumentando bastante o número de vendas.

Depois de tantas inovações no setor e-commerce, sair de casa para fazer compras no shopping ficou muito mais difícil, não é mesmo?

O comércio eletrônico ficou muito mais confiável com o passar do tempo, fazendo com o público se voltasse quase que totalmente para essa nova alternativa de consumo.

E para suportar as altas demandas, é preciso modernizar com mais frequência as tecnologias, para que a experiência do usuário permaneça confortável e, acima de tudo, acessível.

Quer saber as notícias do Jornal Montes Claros em primeira mão? Siga-nos no Facebook @jornamoc, Twitter @jornalmoc e Instagram @jornalmoc.