Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Montes Claros – Prefeito de Montes Claros anuncia criação de dois hospitais de campanha

Montes Claros – Prefeito de Montes Claros anuncia criação de dois hospitais de campanha

Montes Claros – Hospitais irão aproveitar o prédio da UPA do Bairro Chiquinho Guimarães e o terceiro andar do Alpheu de Quadros. Humberto Souto disse que é possível pensar, para o próximo mês, em uma ‘flexibilização gradual’ de atividades que ainda não foram retomadas.

Montes Claros - Prefeito de Montes Claros anuncia criação de dois hospitais de campanha
Montes Claros – Prefeito de Montes Claros anuncia criação de dois hospitais de campanha

O prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, anunciou a criação de dois hospitais de campanha na maior cidade do Norte de Minas Gerais. Em um vídeo postado em uma rede social, o chefe do Executivo explicou que esse tipo de unidade de saúde tem como objetivo desafogar os hospitais existentes no município caso haja um surto de coronavírus.

“Autorizamos aproveitar a UPA Chiquinho Guimarães, que o prédio está pronto. Vamos fazer ali um hospital com 60 leitos de baixa complexidade, está tudo orçamentado e em ponto de andar”, disse.

O prefeito completou afirmando que o segundo hospital de campanha vai funcionar no terceiro andar do hospital Alpheu de Quadros e terá 40 leitos. Ele destacou que a grande vantagem é a estrutura paralela que já está disponível no local. Humberto Souto não menciona o prazo para o término dos dois hospitais no vídeo.

De acordo com o chefe do Executivo, a partir das providências adotadas, que incluem a criação dos dois hospitais de campanha, é possível pensar em “uma flexibilização gradual” de atividades que ainda não foram retomadas. O prefeito destacou que 70% já tiveram autorização para funcionar.

Desde que os casos e mortes por conta da Covid-19 começaram a ser registrados no país, os Governos Federal, Estadual e Municipal estabeleceram medidas com restrições para a circulação de pessoas e funcionamento dos comércios, visando evitar a propagação do vírus. Em Montes Claros, o último decreto foi publicado em 18 de abril e tem validade até o dia 30 do mesmo mês.

“Acho que poderemos avançar mais um pouco a partir do próximo mês, vamos começar a estudar isso. Para isso, tivemos que pensar em uma série de providências anteriores para não expor à população”, finalizou.