Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Montes Claros – Programa Agente Local de Inovação fortalece gestão e inovação de micro e pequenas empresas de Montes Claros

Montes Claros – Programa Agente Local de Inovação fortalece gestão e inovação de micro e pequenas empresas de Montes Claros

Montes Claros – O programa Agente Local de Inovação (ALI) l, desenvolvido em Montes Claros com a participação de 20 empresas, encerrou no mês de maio as ações do ciclo 1. O objetivo do programa, idealizado pelo Sebrae em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), é investir no fomento à inovação dos pequenos negócios, por meio de orientação proativa, gratuita e personalizada, que estimula o talento e a criatividade dos empreendedores para impulsionar negócios e ideias.

Cristiane, da Bella Madre, e o agente de inovação Thiago Figueredo durante as ações do programa
Cristiane, da Bella Madre, e o agente de inovação Thiago Figueredo durante as ações do programa

 

A participação das empresas é 100% gratuita e podem aderir aquelas que tenham faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, dos setores da Indústria, Comércio ou Serviços. O programa ALI tem duração de até oito meses e as empresas participantes são selecionadas em workshops de inovação, que mensuram o grau de gestão em inovação de cada empresa por meio da aplicação do radar da inovação.

Durante oito meses o ALI levou para essas 20 empresas gestão da inovação, por meio de metodologias ágeis, de maneira continuada e personalizada. O programa foi desenvolvido em quatro fases, nas quais foram feitas identificação do problema que exige inovação e entrevistas com os clientes dessas companhias, que apontaram a viabilidade da resolução. Após identificado o problema, foi criado uma solução e, a partir daí, desenvolvido o modelo de negócio que torna sustentável a solução proposta, explica o analista do Sebrae Minas Pedro Viana.

Thiago Figueiredo é o agente de inovação que acompanhou e orientou os empreendedores durante o ciclo 1 do programa.  A evolução foi notória, principalmente, na questão da mentalidade aberta para inovação. Em pouco tempo, eles fixaram o conceito de foco no cliente e, a partir disso, trouxeram ideias de inovações. Também foram assertivos na criação de até 13 modelos de receitas em que eles enxergaram diversas oportunidades de negócio, tanto para o momento, quanto para um cenário pós pandemia, conta o agente.

Contato direto com o cliente

As empresas participantes do ALI apresentaram evolução e estão dando um novo rumo aos seus negócios. Elas apostaram na inovação e acreditaram na sua capacidade empreendedora. Um exemplo é Cristiane Araújo Sousa Castilho, proprietária da Bella Madre, fábrica especializada em moda gestante, que distribui para lojistas de todo o Brasil.  Ela revela que, como não tem um contato presencial com seus clientes, definiu com o programa ALI a criação de uma plataforma de e-commerce.

Como estratégia para aumentar as vendas, estamos trabalhando no desenvolvimento da nossa própria plataforma para o e-commerce de atacado. Com ela, os clientes terão acesso a todas as informações dos produtos e maior autonomia para montar seus pedidos. Assim, podemos dar maior credibilidade às informações da nossa empresa enfatiza.

Ela destaca ainda que enquanto a plataforma ainda não está totalmente pronta, faz um atendimento personalizado com os clientes. Ao trabalhar com o ALI, percebemos que os clientes gostam dos nossos produtos e preços, mas não se sentem seguros com a forma de compra. Então, decidimos que em vez de apenas responder por e-mail ou WhatsApp, entramos em contato telefônico para conhecer um pouco mais o potencial do cliente e apresentar melhor o nosso trabalho. Com essa medida, já percebemos um resultado satisfatório, conta.

Odontologia nos bairros

Luiz Gustavo Martins Figueiredo, da Rede Dentales, jovem e criativo empreendedor, também é um exemplo bem sucedido que participou do projeto ALI em Montes Claros. A microempresa que começou em 2017 já possui duas unidades, sendo uma no bairro Independência e outra no Renascença. O empreendedor de 28 anos é criativo e inovador.

Estamos colocando em prática o projeto Rede Dentales Empresarial, um plano odontológico próprio, que oferece!diversas vantagens para as empresas parceiras e  os seus colaboradores. Acreditamos muito nessa inovação e esperamos que, em breve, isso se torne uma de nossas principais fontes de receita e reconhecimento no mercado,  enfatiza.

Além da criação do plano odontológico, foram adotadas  medidas para gerar novas receitas e fontes de recursos. Por meio da ferramenta Canvas, criamos 13 novas formas de gerar caixa para a Rede Dentales. As principais estão relacionadas com novas formas de parcerias com empresas privadas, criação de plano odontológico próprio e campanhas internas com foco na fidelização do cliente, afirma o empreendedor.

Automação

Outro exemplo de sucesso é a Panificadora Salvador – Pães e Massas, do empreendedor Ernane Martins de Souza. A microempresa, que emprega cerca de 20 pessoa,  produz e distribui pães de hambúrguer e cachorro quente para toda a cidade. Nosso foco é a produção de pães para a entrega. Percebemos, então, que precisávamos mudar nossa forma de produção. Decidimos inovar nosso processo com a automatização das máquinas. Já adquirimos uma e estamos nos planejando para comprar outras e assim trabalhar como todo o processo automatizado, conta.

Além disso, foram detectadas por meio do Canvas desenvolvido pelo ALI outras necessidades, e implantadas soluções que acabaram com alguns gargalos da panificadora. Nossos clientes queriam novos produtos, então,  aumentamos nosso mix. Fizemos treinamentos para qualificar a equipe e trabalhamos a necessidade de adaptação às mudanças. Mostramos a todos os colaboradores que precisamos ser mais criativos, inovadores e abertos para acompanhar novas tendências e assim, sermos competitivos no mercado, finaliza Souza.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *