Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

MG – Às vésperas do Dia dos Pais, governo de MG orienta 62 municípios a fechar lojas

MG – Às vésperas do Dia dos Pais, governo de MG orienta 62 municípios a fechar lojas

MG – Lojistas de 62 municípios mineiros –  até então liberados pelo Programa Minas Consciente a manter as portas abertas – podem ter que suspender as atividades a partir deste sábado (8), véspera do Dia dos Pais. A orientação consta na nova configuração do plano, criado pela gestão do governador Romeu Zema (Novo) para coordenar o isolamento social no estado.

Poços de Caldas, no Sul de Minas, está entre as cidades que aderiram ao Minas Consciente. Protocolo orienta recuo do comércio neste fim de semana, em função do avanço da pandemia de COVID-19 (foto: Wikimedia Commons)
Poços de Caldas, no Sul de Minas, está entre as cidades que aderiram ao Minas Consciente. Protocolo orienta recuo do comércio neste fim de semana, em função do avanço da pandemia de COVID-19 / (foto: Wikimedia Commons)

O novo mapa, lançado nessa quinta-feira (6), passou a contar com duas divisões: por macro e por microrregiões. Esta última agrupa cidades com tamanho, logística de atendimento, capacidade assistencial, disponibilidade de leitos e situação sanitária semelhantes, de modo a tornar os protocolos de flexibilização mais específicos.

As 62 localidades aconselhadas ao recuo do comércio constam nas oito macrorregiões que avançaram para a onda amarela, ou seja: autorizadas a manter o funcionamento de serviços não essenciais considerados de baixo risco, como salões de beleza e lojas do varejo. O avanço da pandemia nesses municípios, no entanto, inspira cuidados, o que, de acordo com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE-MG), levou à recomendação para aumento do rigor da quarentena. A decisão final, todavia, caberá aos prefeitos.

Metade das cidades da lista de retração fica no Sul de Minas. É o caso de Três Corações, que contabiliza 320 casos confirmados e 13 mortes pela COVID-19, conforme dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). Outro exemplo é Poços de Caldas, com 487 infectados e 17 óbitos pela doença. A cidade, entrentanto, não deve seguir as diretrizes do programa, já que a prefeitura anunciou na quarta (5) a extensão do horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais durante o fim de semana.  Os demais municípios pertencem ao Triângulo Mineiro (18), Zona da Mata (10), Norte (1) e Região Central (1).

Dezessete cidades do grupo têm menos de 20 mil habitantes e economia com baixo potencial de aglomeração o que, em tese, as classificaria para um tratamento diferenciado dentro do Minas Consciente, com direito a abertura de bares e restaurantes. A SES-MG, porém, argumenta que a curva de crescimento dos casos de COVID-19 nesses municípios é desproporcional à capacidade de acolhimento dos sistemas de saúde.  Nessa situação estão a pequena Àgua Comprida, com apenas 1,9 mil habitantes; São João da Mata, com 2,7 mil; Espírito Santo do Dourado com 4,6 mil; Silvianópolis, com 6,2 mil; e Estiva, com 11,3 mil. Todas ficam no Sul do estado.

Liberação

Por outro lado, 345 prefeituras mineiras comemoram, a partir deste sábado (8), a progressão automática para a onda amarela, independe da situação das macro ou microrregiões nas quais estão inseridas. Destas, 175 aderiram ao Programa Minas Consciente. A decisão foi tomada nessa quarta-feira (5) pelo Comitê Extraordinário COVID-19. A regra é específica para cidades com menos de 30 mil habitantes, com registro de menos de 50 casos por 100 mil pessoas nas últimas duas semanas. Ao anunciar a liberação, o governador Romeu Zema (Novo) defendeu que esses municípios sequer mantém transporte público coletivo relevante e, portanto, oferecem ambiente pouco favorável à propagação do novo coronavírus.

Por outro lado, 345 prefeituras mineiras comemoram, a partir deste sábado (8), a progressão automática para a onda amarela, independe da situação das macro ou microrregiões nas quais estão inseridas. Destas, 175 aderiram ao Programa Minas Consciente. A decisão foi tomada nessa quarta-feira (5) pelo Comitê Extraordinário COVID-19. A regra é específica para cidades com menos de 30 mil habitantes, com registro de menos de 50 casos por 100 mil pessoas nas últimas duas semanas. Ao anunciar a liberação, o governador Romeu Zema (Novo) defendeu que esses municípios sequer mantém transporte público coletivo relevante e, portanto, oferecem ambiente pouco favorável à propagação do novo coronavírus.

A nova configuração do Minas Consciente leva em conta 62 microrregiões e 14 macrorregiões mineiras. Do total de 853 municípios, 412 aderiram ao programa.

As informações são do portal Estado de Minas.