Últimas Notícias

O que é gestão empresarial integrada?

A gestão empresarial integrada é um processo administrativo que permite o entendimento da organização da empresa como um todo. Com ela, é muito mais eficaz implantar metas e buscar melhores resultados. Todas as empresas podem ter uma melhora expressiva quando trabalham com a gestão integrada.

O que é gestão empresarial integrada?
Rawpixel Ltd.

Algumas empresas de contabilidade podem usar o processo para identificar melhorias possíveis com relação à documentação e burocracia, criando um ambiente de trabalho muito mais ágil.

Normalmente esse conceito é aplicado para diversas funções, por exemplo:

  • Melhorar as atividades internas do negócio;
  • Minimizar os riscos apresentados;
  • Prevenir falhas;
  • Fortalecer a imagem da empresa. 

O conceito da gestão empresarial integrada tem como objetivo melhorar a qualidade dos produtos e serviços, enquanto diminui o tempo e os recursos necessários para a produção e o aumento da satisfação e da organização.

O que é preciso para começar a aplicar?

A primeira coisa a se levar em conta quando você quer implementar uma gestão empresarial integrada em sua companhia é o planejamento. Levantar informações é fundamental para um melhor andamento desse processo.

Um coaching de carreira pode realizar uma série de treinamentos e análise com sua equipe, para identificar quais são os elementos principais que precisam ser mudados, conquistando resultados melhores e ampliando as chances de crescimento.

Além disso, determinar objetivos pode ser fundamental. Identifique onde você pretende chegar com esse novo modelo de gestão e o que precisa fazer para alcançar suas metas, assim você terá uma ideia do que precisa ser feito.

Com essas informações em mãos, você conseguirá desenvolver elementos específicos para iniciar o processo de mudança.

Com o planejamento todo efetuado, é hora de divulgar para a equipe as mudanças que ocorrerão e os motivos para elas, buscando uma maior interação e engajamento de todos na empresa para um processo mais facilitado.

Conheça os obstáculos da implementação

Mudar o formato de gestão empresarial não é uma tarefa simples. É preciso ter muita calma e cuidado para reestruturar todo o formato de controle empresarial, principalmente por lidar com outras pessoas.

O principal obstáculo, seguindo essa linha de pensamento, é a resistência de seus colaboradores. Isso porque as pessoas se acostumam com uma determinada rotina, e ela começa a se tornar confortável.

Mudanças trazem incerteza e medo, e por isso a maioria das pessoas tende a não ser muito adepta. O ditado “em time que está ganhando não se mexe” é um grande oponente da inovação, pois cria a sensação de que mudanças só são proveitosas em equipes disfuncionais.

Uma empresa de segurança do trabalho pode encontrar resistência para a implementação, por isso é importante identificar todos os benefícios que serão alcançados com a mudança.

Além disso, muitas vezes você precisa contratar uma pessoa ou, até mesmo, terceirizar com uma equipe especializada para facilitar a mudança. 

Sua equipe pode ter desconfiança e não ser tão aberta com uma pessoa de fora chegando e ditando regras de mudança de comportamento.

Por isso, é importante realizar ações de conscientização, identificando claramente as vantagens desse novo modelo de gestão e tudo que seus colaboradores terão de benéfico com a mudança.

Sua equipe é o principal fator de produção de sua empresa, e deve se sentir valorizada e ouvida para não correr o risco da desmotivação tomar conta de todo o time. Por isso, invista em ações afirmativas e positivas que apresentem os novos conceitos.

Assim, você conseguirá não só fazer sua equipe compreender a necessidade de mudança, mas se tornar muito mais aberta às novidades, o que acaba facilitando a transição para implementar o novo modelo de gestão empresarial.

Entenda os benefícios da Gestão Integrada

A gestão empresarial integrada tem como objetivo principal a integração de uma série de fatores do negócio, centralizando processos e analisando dados para reduzir o tempo de análise e melhorar a produtividade.

Instalar um ERP para pequenas empresas pode ser a chave de mudança para melhorar o andamento da empresa e conquistar mais sucesso no mercado.

Existe uma série de vantagens de criar conceitos amplos para uma melhor utilização dos recursos da empresa, principalmente com a padronização de diretrizes que os colaboradores podem seguir.

1.    Aumento da produtividade

A gestão integrada afeta o setor operacional da empresa, simplificando os fluxos de trabalho, o que gera muito mais agilidade na produção e menos necessidade de retrabalho.

A tecnologia se torna uma grande aliada do processo, permitindo rapidez e certeza na preparação da atividade.

Com esse recurso, todos na empresa conseguirão avaliar seus trabalhos, não sendo necessário identificar uma falha em um momento futuro e tendo que voltar passos na produção. 

Dessa forma, você consegue seguir o processo sem gerar problemas e sem atrapalhar outros setores.

Uma clinica de acupuntura pode aumentar sua produtividade, eliminando processos desnecessários que a integração consegue resolver.

2.    Economia de tempo

Uma das grandes vantagens da gestão empresarial integrada é sua facilidade com a utilização de inteligências artificiais para automatizar processos.

Com essas ferramentas, análises e trabalhos repetitivos podem ser realizados com mais agilidade, melhorando muito o tempo em que o trabalho é feito.

Evitar o retrabalho e permitir que as IAs realizem o trabalho padronizado pode render muito tempo para melhorar a produtividade de sua empresa, fazendo com que seus colaboradores possam se focar em elementos necessários.

3.    Transparência

A gestão integrada permite que todos tenham acesso aos mesmos bancos de dados, permitindo que toda a equipe tenha acesso aos documentos e processos em um mesmo sistema.

Algumas empresas de seguros podem usar esse modelo de gestão para facilitar o trânsito de documentação, tornando-se muito mais transparentes em seus processos.    

Isso torna a empresa muito mais transparente, permitindo a seus colaboradores vistoriar todos os elementos da empresa livremente.

Esse tipo de ação é muito útil para os gestores, que conseguirão visualizar de forma fácil e rápida todas as informações necessárias para garantir o bom andamento de seus trabalhos.

4.    Redução de burocracia

Uma vez que a padronização afeta todas as áreas da empresa, existe uma redução na documentação necessária para os processos acontecerem. Com isso, é possível reduzir drasticamente a burocracia interna.

Todos os modelos, documentos e formulários apresentados pela empresa terão validade em todos os ambientes, permitindo uma melhor identificação e menos necessidade de criar vários documentos para iniciar um processo em específico.

5.    Padronização

Quando você opta por um sistema integrado de gestão, consegue criar regras de operacionalização para todos os setores da empresa de forma igual, permitindo uma maior padronização de processos e impedindo que ocorram gargalos operacionais.

Desta forma, você consegue criar padrões que melhoram a eficiência da equipe e ainda consegue gerar redução de custos, uma vez que há menos necessidade de refazer atividades.

A utilização de estruturas metálicas para armazenamento de eventuais itens pode tornar o ambiente muito mais padronizado e adequado.

A padronização também é um ótimo argumento de vendas. Isso porque clientes que veem uma empresa funcionando de forma unitária, terão muito mais confiança na marca.

Além disso, a redução de tempo de produção e o aumento da produtividade podem ser grandes atrativos para potenciais consumidores.

6.    Competitividade

Com todos os benefícios de automação que a gestão integrada oferece, é possível se voltar para decisões estratégicas diretamente na operacionalização.

Com isso, você consegue buscar melhores resultados e incentivar seus colaboradores a um clima de competição saudável para o alcance de metas e objetivos apresentados.

Quando sua equipe possui um sistema de gestão que pode confiar e que seja estável e integrado, é possível passar mais tempo nos setores que demandam mais atenção, como o atendimento a clientes e a conversão de vendas em si.

Entenda como medir os resultados

Para identificar os benefícios trazidos pela gestão integrada, é importante ter acesso a ferramentas de análise que permitirão identificar os pontos positivos e os pontos negativos dessa nova estratégia.

Um dos principais medidores de resultados que você pode apresentar é o ROI, sigla para Return of Investiment (Retorno de Investimento). Essa métrica verifica especificamente o lucro que você teve com o investimento realizado.

Outro ponto muito importante para avaliar na gestão integrada é a satisfação do cliente. O consumidor é a prioridade maior em qualquer empresa, e é preciso receber o feedback dele para identificar se as ações tomadas de fato estão apresentando resultados.

Além disso, ouvir seus companheiros de equipe também é fundamental para entender as nuances da gestão integrada que estão funcionando corretamente, por exemplo, em uma empresa de lençol hospitalar.

Como principais afetados, os funcionários poderão dizer quais elementos de fato estão facilitando o dia a dia de trabalho deles e quais elementos ainda precisam reparar arestas para um melhor funcionamento.

Por isso, quando optar por utilizar a gestão integrada nos processos de sua empresa, tenha em mente que o processo não é imediato, mas que a longo prazo pode render diversos benefícios para sua produtividade e para todo o andamento de seu negócio.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.