Últimas Notícias

7 dicas para evitar lesões durante o treino

Alimentação, aquecimento e descanso são atitudes simples que fazem toda diferença na vida de quem treina.

Uma lesão interrompe o ritmo de treinos e, dependendo da gravidade, exige um longo tempo de recuperação. Então, independentemente da modalidade escolhida, seja musculação, funcional, crossfit, corrida ou futebol, saiba que é necessário tomar alguns cuidados durante o treino.

Aqueles que costumam praticar atividades físicas sabem que algumas etapas, como o aquecimento, não devem ser puladas. Entretanto, quem está se iniciando no mundo dos esportes ou costuma enfrentar treinos muito intensos tem mais chances de sofrer uma lesão.

A seguir, confira sete dicas para evitar contusões durante o treino.

1. Faça o aquecimento

O aquecimento não precisa ser longo: um período de 5 a 10 minutos é suficiente para elevar a frequência cardíaca e aumentar a condução nervosa e a contração muscular, além de acelerar o transporte de oxigênio no organismo.

Movimentos dinâmicos, como polichinelos, corrida estacionária e skipping são indicados para esse momento do treino, já que possuem baixa intensidade. Além disso, vale ressaltar que não é indicado fazer um alongamento rigoroso antes dos treinos, apenas exercícios de mobilidade.

2. Mantenha a postura correta

Não adianta realizar os exercícios de maneira rápida, mas com a postura errada. Essa atitude pode, inclusive, ser muito prejudicial à saúde. Foque na sua postura corporal e faça os exercícios com calma.

Quem possui acompanhamento profissional, seja na academia ou com um professor particular, pode contar com a ajuda dele nesse quesito. Entretanto, aqueles que treinam sozinhos precisam redobrar a atenção. Uma maneira de verificar a própria postura é treinando na frente de um espelho.

3. Não exagere na intensidade

Muitas pessoas iniciam a vida fitness em busca de resultados rápidos. No entanto, um treino muito pesado pode ser prejudicial ao corpo e causar diversas lesões musculares.

Portanto, siga um treino adequado ao seu condicionamento físico e busque evoluções com o passar do tempo. Assim, você progride de maneira saudável e não prejudica seu organismo.

4. Tenha atenção à alimentação

O treino físico é apenas 50% do caminho para atingir seus objetivos. Os outros 50% são relacionados à alimentação. Afinal, uma dieta balanceada garante que todos os nutrientes essenciais sejam absorvidos pelo organismo.

As proteínas e os aminoácidos, por exemplo, ajudam no processo de reparação e construção muscular. Então, assim como é importante ter um profissional de educação física acompanhando os treinos, é fundamental contar com a ajuda de um nutricionista.

5. Use calçados apropriados

Os calçados ideais diferem de acordo com cada modalidade. Os corredores, por exemplo, precisam de tênis que absorvam os impactos da atividade. Enquanto isso, ciclistas e escaladores usam uma sapatilha específica.

Portanto, é necessário escolher um calçado que seja adequado à atividade que está sendo praticada. Além disso, é importante entender as necessidades do seu corpo. Quem corre, por exemplo, sabe que deve comprar um tênis de acordo com a sua pisada.

6. Perceba os sinais do corpo

Músicas, séries e conversas são alguns fatores que podem tirar a atenção durante o treino. Entretanto, é importante estar atento aos sinais que o corpo dá enquanto fazemos exercícios.

Às vezes, um movimento pode provocar uma repuxada no joelho, por exemplo. Nesses casos, pare o exercício e tente arrumar a postura. Se não funcionar, peça a opinião de um profissional. De maneira alguma continue os exercícios após sentir dor, porque essa atitude pode causar maiores danos ao corpo.

7. Descanse

O corpo precisa de descanso para se recuperar das atividades praticadas. Essa simples atitude ajuda a prevenir lesões e permite que o organismo tenha tempo para promover o crescimento da massa muscular.

Por isso, não é recomendado fazer exercícios todos os dias da semana. Além disso, é necessário alternar os músculos que estão sendo trabalhados ao longo dos dias. Se você treinou braço na segunda-feira, treine outro grupo muscular na terça-feira.