Últimas Notícias

Quais as vantagens do infográfico na produção de conteúdos?

O infográfico é um excelente meio de unir uma série de informações sobre o conteúdo que você está procurando destacar. Seu principal objetivo é apresentar os dados e os conceitos desejados de forma fácil e prática, garantindo assim uma compreensão muito maior.

Criar um infográfico pode parecer bastante desafiador, principalmente porque o design desse modelo acaba propondo a mescla de uma série de ações, como:

  • Imagens;
  • Áudio;
  • Vídeo;
  • Conteúdo textual;
  • Entre outros.

Entretanto, efetivamente colocar um deles em prática pode ser bastante simples. Esse material tem ganhado mais força a cada ano, principalmente por sua facilidade de absorção de conteúdo, o que o torna uma excelente ferramenta de marketing.

Os infográficos são, em sua essência, uma mistura perfeita entre o design diferenciado, recursos visuais de qualidade e uma boa produção de texto, todos interligados buscando o objetivo de apresentar um conteúdo para o consumidor.

Por sua praticidade, os infográficos têm ganhado mais espaço no mercado, estando presentes tanto em meios tradicionais, como jornais, revistas e televisão, como no meio digital, através de sites, blogs e ebooks de, por exemplo, uma empresa de pintura SP.

Na internet, o poder dos infográficos se potencializa. Isso porque é possível inserir links clicáveis que acrescentam ainda mais conteúdo no material apresentado. Uma vez que a internet oferece informação de qualidade, eles são ótimas estratégias de engajamento.

Por que apostar em infográficos?

Embora os benefícios pareçam muito claros, algumas empresas ainda têm receio de utilizar estas práticas, isso porque a produção parece mais complicada do que realmente é, o que acaba assustando na hora de produzir o conteúdo.

Entretanto, existem alguns benefícios importantes que devem ser levados em conta quando você estiver se decidindo entre consumir ou não esse tipo de conteúdo.

O primeiro elemento a se pensar é a facilidade de consumo do material de, por exemplo, uma empresa de rede de proteção ou qualquer outra marca de segmento variado.

Muitas vezes, quando você quer apresentar uma informação com muitos dados e recursos, isso pode acabar ficando confuso.

Entretanto, com os recursos visuais compreendidos pela utilização de um infográfico, a leitura pode acabar ficando muito mais intuitiva e amigável.

Além disso, o infográfico costuma condensar todas as informações em uma única imagem, o que facilita muito o compartilhamento em sites e redes sociais. Dessa forma, as chances de seu material sobre alarme para comercio, por exemplo, tornar-se viral são grandes.

Um conteúdo viralizado é aquele que, tal qual um vírus, consegue se espalhar desenfreadamente. Isso acontece quando as pessoas próximas começam a compartilhar o conteúdo em suas próprias redes de amigos e familiares, que fazem a mesma coisa.

O resultado acaba sendo uma progressão geométrica do compartilhamento, aumentando muito suas chances de engajamento. Estas pessoas também aumentam sua autoridade na rede, o que é ótimo para melhorar seu ranqueamento.

Os infográficos podem ainda ajudar a identificar um conteúdo criado por sua empresa de, por exemplo, demolição de imóveis, auxiliando assim no reforço da identidade. Essa é uma importante técnica de branding e deve ser levada em conta.

Principais recursos do infográfico

Para criar um bom infográfico, você precisa de muito conteúdo de qualidade. Mas além disso, existem alguns conceitos que devem ser empregados para um resultado adequado. Lembre-se, o principal objetivo do infográfico é transmitir a informação com clareza.

Pensando nisso, é importante que você compreenda e domine as linguagens que serão utilizadas na estruturação do infográfico. Sendo que os principais recursos utilizados são os seguintes:

Linguagem verbal

A linguagem verbal é a mais comum quando utilizamos o infográfico, especialmente quando a representação por imagens acaba não funcionando tão evidentemente.

Alguns elementos podem ser mais complexos de explicar, por conta disso, é melhor utilizar esse tipo de ferramenta. Assim, você não precisa se preocupar com o risco de ter alguma palavra ou informação do infográfico compreendida de forma incorreta.

Se você estiver produzindo um material com áudio para a sua empresa que vende suporte para ferro de passar, por exemplo, a linguagem verbal pode ser falada ao invés de escrita, que é a utilização mais comum.

O ideal é utilizar esse formato de comunicação em títulos, legendas e valores que podem ser importantes.

É necessário dentro do contexto do infográfico que a comunicação verbal seja breve. A ideia é auxiliar a compreensão do plano geral, então um texto comprido pode acabar deixando a situação mais confusa ou complexa de identificar.

Linguagem pictórica

Um dos grandes chamarizes de um infográfico é a utilização de imagens e representações de objetos reais. Esse tipo de imagem pode ser fotográfica ou um desenho que simbolize esse modelo.

É importante tomar bastante cuidado quando usar esse artifício, principalmente com relação às representações visuais. Isso porque as pessoas costumam ter interpretações diferentes para as coisas, então é fundamental que você seja o mais literal possível quando utilizar.

Nunca deixe seu juízo de valores ser absoluto nesse tipo de recurso. É fundamental que você compreenda a função do infográfico como uma forma de apresentar o conteúdo à uma massa, que pode ter pensamentos e deduções muito diferentes das suas.

Se houver qualquer margem de dúvida, não hesite em inserir uma legenda com a linguagem verbal para conseguir passar corretamente a informação que você deseja sobre o seu tecido para decoração de eventos ou qualquer outro produto.

Linguagem esquemática

É importante que você consiga criar uma interligação entre as imagens e os textos que está inserindo em seu infográfico. Para conseguir representar exatamente o que você precisa através das interligações de informação, o ideal é utilizar a linguagem esquemática.

Nesse modelo, você utiliza ferramentas como setas, linhas e outros elementos que deem o tom de movimento para representar conceitos abstratos, auxiliando o usuário a compreender melhor o infográfico.

Com a ajuda da linguagem esquemática, qualquer pessoa será capaz de compreender o caminho que o infográfico deseja tomar, conseguindo encontrar assim mais coerência nas informações soltas e criando um padrão para seguir.

Como criar um infográfico?

Existem alguns passos básicos para você seguir se tiver interesse em montar um infográfico. Lembre-se, esse tipo de recurso é muito interessante para empresas, que precisam passar informação de um modo dinâmico.

Entre os principais pontos, é importante ter atenção aos seguintes:

Defina os objetivos

O primeiro passo para qualquer criação é o planejamento. Aqui, você definirá por que quer realizar um infográfico. Qual será o objetivo de apresentar o conteúdo dessa forma, bem como quem você deseja alcançar com esta ação.

Se você deseja ampliar o conhecimento das pessoas sobre a necessidade de um bico de corte para maçarico, por exemplo, deve pensar em como utilizar o infográfico da melhor maneira possível.

Ademais, também é importante definir o tipo de público que consome seu conteúdo, para que você saiba como falar e como apresentar os materiais que deseja no infográfico.

Não esqueça, informação é fundamental

Antes de você decidir de fato o que vai aparecer em seu infográfico, é o momento de coletar dados. Não há um limite nesse momento, o máximo de informação que você adquirir sobre o assunto que deseja falar é melhor.

Por isso, é importante saber onde e como procurar seu conteúdo. Existem sites relevantes sobre os mais variados nichos, muitos deles com conteúdo explicativo e de fácil absorção. Você deve buscar tudo aquilo que se encaixa no que você deseja falar.

Assim, quando decidir explorar melhor o conteúdo que está sendo apresentado, você conseguirá definir quais são as melhores informações para o contexto e isso permitirá que você crie um excelente infográfico para seu público.

Trabalhe em um esboço

O conteúdo visual é importante para o infográfico. É ele que chamará a atenção e atrairá o público para consumir seu conteúdo. Por isso, é importante que este material seja testado e aprovado.

Quando você monta um esboço de um infográfico, pode compreender melhor onde cada informação se encaixará, além de compreender quais são os modelos de design que podem funcionar melhor em cada uma delas.

Assim, você evita potenciais erros que podem passar despercebidos sem um esboço antes do objetivo final, criando um conteúdo muito mais profissional para apresentar em sua empresa.

Revise e faça testes

Depois de pronto, ainda é preciso testar o material antes de levá-lo ao público. Por isso, é importante contar com o apoio de sua equipe para realizar revisões textuais e de design, além de testar o conteúdo com pessoas de confiança.

Para garantir que você terá um bom infográfico sobre telhas termoacusticas, por exemplo, esse processo é extremamente importante. Dessa forma, você garante que está apresentando o melhor conteúdo em infográficos que sua empresa tem a oferecer.

Considerações finais

Os infográficos são excelentes ferramentas para atrair mais pessoas para sua empresa. Isso porque o conteúdo rápido e de fácil entendimento acaba caindo em um gosto muito mais popular, o que atrai novos clientes e novas oportunidades de negócio.

Se você conseguir estruturar bem as informações de um infográfico, as chances de aumentar seu reconhecimento serão muito maiores, tornando sua empresa uma líder no mercado em que atua.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.