Últimas Notícias

A atualidade dos clássicos norte-americanos na moda masculina

br.depositphotos.com

Está na hora de considerar a introdução da jaqueta jeans masculina em seu guarda-roupas. Veja como essa peça atemporal pode agregar para o seu visual.

Inverno ou verão, tanto faz. A jaqueta jeans masculina é uma peça indispensável para todo homem que precisa lidar com o clima instável das estações mais quentes ou se aquecer durante as estações mais frias.

A jaqueta jeans foi e sempre será uma peça clássica para o guarda-roupas masculino. Se você adquiriu ou vai adquirir uma dessas jaquetas hoje, tenha certeza de que ela sempre será uma boa escolha, independente da época. Além de não sair do gosto popular, a jaqueta jeans também não sai das grandes coleções de moda. Apenas neste ano, por exemplo, versões atualizadas da clássica jaqueta jeans masculina apareceram nos desfiles da Dior, Hermés e Dries Van Noten.

A história da jaqueta jeans começou na França, durante o século XIX. O tecido azul dos casacos simbolizava a “cor do trabalhador”, diferenciando-se dos tecidos brancos e cinzas empregados nos uniformes de cargos superiores. Contudo, mesmo que o jeans seja uma invenção francesa, essas jaquetas ainda não eram fabricadas com esse material, embora seu design pareça muito com a jaqueta jeans que conhecemos hoje.

É nos Estados Unidos que a jaqueta jeans conquista a sua glória. Há de se lembrar, ainda, que a jaqueta jeans surgiu antes da calça jeans – peça bastante valorizada aqui no Brasil pela sua versatilidade. A marca Levi’s foi a primeira fabricante a produzir a jaqueta jeans masculina como uma alternativa de roupas resistentes e confortáveis para o trabalho. Com o lançamento da Type I, a marca definiu o que era uma jaqueta jeans tanto para o seu consumidor, como também para as próximas versões.

A primeira versão da jaqueta jeans possuía apenas um bolso frontal sem aba e uma fivela prateada nas costas. Nos anos trinta, novos elementos foram incorporados à jaqueta masculina, como bolsos frontais com abas e bolsos embutidos.

A associação da jaqueta jeans com a classe trabalhadora norte-americana se estendeu até a década de 40. Contudo, a partir dos anos 50, a jaqueta jeans rapidamente se tornou um símbolo para a juventude da época. Esse fenômeno começou no cinema, como no famoso filme Rebelde sem Causa e alcançou o seu ápice com a performance de Jailhouse Rock, do Elvis Presley, em que ele apareceu vestindo jeans escuro da cabeça aos pés. A associação entre jeans e rebeldia estava lançada na cabeça da classe média estadunidense e, desde então, várias linhas de jaqueta jeans masculina foram lançadas não apenas pela Levi’s, mas também por grandes marcas do mundo da moda em todo o mundo.

Foi graças à jaqueta jeans que esse tecido entrou para as coleções de grife. Calvin Klein, Diesel e Guess são algumas das principais marcas que, nos anos 80, trouxeram sofisticação e sex appeal para essa roupa. Pode-se dizer que se tornou para a moda o que a torta de maçã representa para a culinária norte-americana: um símbolo cultural.

O que era uma inspiração americana se tornou um apelo atemporal para qualquer homem em qualquer lugar do mundo. Essa peça de roupa masculina se tornou um item capaz de se adaptar ao estilo de qualquer um. Confira a seguir algumas dicas que vão te inspirar a incluir o jeans em seu visual para além das calças jeans.

Jaqueta jeans masculina: o que é seguro?

Você já deve ter visto inúmeras versões da jaqueta jeans masculina, com cores diferentes, com rasgos ou estampas. Dentro desse universo, é interessante que você saiba reconhecer sua versão mais clássica. Essa peço essencial é na cor índigo, com dois bolsos frontais; ela deve possuir ao todo dez botões, seis deles na abertura da jaqueta, dois nos bolsos e os outros dois nos punhos. Veja a seguir algumas combinações simples, mas precisas com essa peça.

Camiseta branca

br.pinterest.com

Misturar todas as peças minimalistas do seu guarda-roupas é uma boa saída na hora de compor um visual com a jaqueta jeans masculina. Nesse sentido, uma das apostas mais clássicas é a combinação do jeans com a camiseta branca. Você pode completar com uma calça cropped ou um shorts de alfaiataria acima do joelho. Como sapato, o tênis branco é o mais recomendado, mas você também pode usar um mocassim.

Jeans da cabeça  aos pés

br.pinterest.com

É possível compor um visual inteiro com jeans. Contudo, se a sua intenção não é parecer um cowboy, é necessário um equilíbrio entre a parte superior e inferior. Se sua jaqueta for justa e básica, a sua calça jeans tem que ser mais folgada e desestruturada e vice-versa. Opte por completar o visual com acessórios com cores e texturas fora da paleta de cores do jeans, como coturnos e acessórios pretos, por exemplo.

Camisa ou jaqueta?

br.pinterest.com

Quais são as diferenças entre uma camisa e uma jaqueta? Deixando os termos técnicos de lado, do ponto de vista do estilo, a camisa e a jaqueta se distinguem em relação à posição: as camisas vão por baixo, as jaquetas vão por cima. A fim de resolver esse problema, algumas marcas lançaram uma espécie de fusão entre uma camisa e a jaqueta.

Essa roupa híbrida é uma opção interessante para se ter em seu guarda-roupas, tornando-se mais fácil do que nunca se vestir para qualquer estação do ano. A versatilidade dessa mistura entre camisa e jaqueta é incomparável. Você pode vesti-la sozinha como uma camisa comum ou adicionar algumas camadas por baixo, como uma jaqueta. Em dias mais frios você até pode colocar um casaco mais volumoso sobre a peça.

A moda de rua, o street style, usa muito essa versão da jaqueta jeans. Ela é estruturada como as jaquetas comuns, mas são tão confortáveis ​​como uma camisa ou uma blusa. Além disso, esse modelo é ajustado o suficiente para você colocar por dentro das calças e solto o suficiente para colocar várias camadas por cima.

Esse tipo de jaqueta jeans masculina oferece aos homens um visual mais casual do que um blazer quando usado com calças. Inclusive, elas podem ser combinadas com tantos conjuntos diferentes quanto os paletós.