Últimas Notícias

Instituto Capim Santo completa nove anos com meta de preparar e distribuir 100 mil quentinhas

São Paulo 6/9/2021 – Em 2021, havia a esperança de que a atividade econômica voltasse ao normal, porém o cenário regrediu e a fome voltou a assolar a população em situação de risco

Instituto pioneiramente se dedica à Gastronomia Social, contribuindo para a democratização da gastronomia e para a geração de renda

Concebido com o objetivo de oferecer, para pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social, uma formação profissional de excelência na área de gastronomia, o Instituto Capim Santo (ICS) completa nove anos como organização não governamental e apresenta uma meta audaciosa: produzir e distribuir, em quatro meses, cerca de 100 mil refeições a pessoas em situação de rua, na periferia da cidade de São Paulo, por meio do projeto: Pare Com a Fome 2021.

Com a geração de 15 empregos diretos e outros indiretos, o objetivo do projeto é produzir 25 mil refeições por mês. Para isso, a ação reaproveita insumos que seriam descartados e tem o objetivo de mitigar, levando não só alimento com a doação de quentinhas, mas carinho e esperança, a brasileiros que, com a pandemia, estão em situação de fome.

“Com a chegada de 2021, havia a esperança de que a atividade econômica voltasse ao normal, porém o cenário regrediu e a fome voltou a assolar, ainda mais forte, a população, por isso, fez-se necessário adotar, o quanto antes, uma nova estratégia e desenvolver um novo projeto dentro do ICS, dando origem ao Pare com a Fome 2021”, explica o presidente do Instituto, Luccio Oliveira.

Nova cozinha – 30 de julho foi o dia da última produção de quentinhas na cozinha do Colégio São Luís (SP), onde, em três meses, foram feitas e distribuídas quase 15 mil quentinhas, com 6,5 toneladas de alimentos e seis ONGs parceiras assistidas, contando com o voluntariado de 150 pessoas.

“A finalização deste ciclo dá início a outro. Para assegurar a meta de fornecer 100 mil quentinhas em 2021, precisamos mudar para uma nova cozinha equipada, que viabilizasse a produção diária de cerca de mil refeições e, graças à parceria com o Grupo Accor, no início do mês de agosto, o Hotel Pullman Vila Olímpia passou a sediar a cozinha do ICS”, detalha Oliveira.

Além do Pare com a Fome 2021, o ICS está desenvolvendo outros projetos. “Há o Restaurante do Amanhã, que propicia formação em outras áreas do restaurante, que não a cozinha, dando a uma visão 360 graus das atividades de um restaurante; o Fome de Empreender, que visa à capacitação de empreendedores na área de gastronomia; além da reorganização do Cozinha do Amanhã, que capacita jovens em gastronomia, para um formato que impacte mais a sociedade e gere valor e empoderamento”, explica Oliveira.

Já mirando o futuro, o ICS planeja, para 2022, realizar ações relacionadas à gastronomia social em cada região do país, em parceria com instituições públicas, privadas e do terceiro setor. “E para 2025, queremos alcançar a marca de principal vetor de conexão no terceiro setor para ações na área de gastronomia, gerando mobilidade social para pessoas em situação de risco e de vulnerabilidade, tendo a educação como ingrediente principal nesta receita”, aponta Oliveira.

ICS: nove anos de compromisso e pioneirismo na formação em Gastronomia Social

Nesse período, o Instituto vem se dedicando à formação pioneira na Gastronomia Social, utilizando-a como ferramenta de mobilidade social e viabilizando uma formação profissional de excelência na área às pessoas em situação de vulnerabilidade.

“Queremos despertar talentos, desenvolver competências e contribuir para a democratização da gastronomia, para a geração de renda, para o emprego digno e para a superação dos grandes desafios que a população enfrenta”, enfatiza Oliveira.

Por meio da solidariedade e cidadania, o Instituto Capim Santo também estimula o voluntariado, com o comprometimento de transformação social pautado na abertura às novas experiências, oportunidades de aprendizado, criação de novos vínculos e fortalecimento da comunidade, construindo relacionamentos muito mais consistentes e duradouros com o seu público e com a sociedade.

Serviço – Projeto Pare com a Fome 2021

Duração: 5 meses
Objetivo: total de 100 mil marmitas a serem produzidas e distribuídos, sendo 25 mil por mês.
Meta diária: mil refeições.
Custo total do projeto: R$ 1 milhão.
Impactos: geração de 15 vagas/mês de empregos diretos e muitos outros indiretos e oito organizações não governamentais assistidas: Fundação Gol de Letra, Associação Prato Cheio, Instituto Verter, Casa do Zezinho, Aldeia Nissi, Instituto Muda Brasil, Instituto Sonhe e Caps Nosso Lar.

Mais informações do projeto:
faleconosco@institutocapimsanto.org.br
https://institutocapimsanto.org.br/
https://capimsanto.doareacao.com.br/
https://www.instagram.com/Institutocapimsanto/
Movimento Pare com a Fome: vídeo Instituto Capim Santo/ EuApoio.
https://euapoio.com.br/instituicao/movimento-pare-com-a-fome

Diretora de Operações: Mariana Fragoso – marifragosoc@gmail.com
Jornalista responsável: Marcel Mano MTB: 19.208
Apoio na divulgação e mais informações para a Imprensa:
Céu Comunicação: https://ceucomunicacao.com.br

Website: https://institutocapimsanto.org.br/