Últimas Notícias

Everton vence Burnley de virada no fechamento da rodada da Premiere League

Com a vitória de virada do Everton sobre o Burnley, por 3 a 1, terminou nessa segunda-feira, 13 de setembro, a quarta rodada da Premiere League.

Com os 3 pontos, o Everton atingiu os mesmos 10 pontos de Liverpool, Chelsea e Manchester United, que dividem o topo da tabela. Já o Burnley continuou com apenas um ponto, e ocupada a 18ª posição, à frente apenas de Newcastle e Norwich.

Todos os gols foram marcados no segundo tempo. O placar foi inaugurado por Bem Mee, de cabeça. A virada do Everton foi relâmpago, com três gols marcados em um intervalo de sete minutos, a partir dos 15 minutos do segundo tempo.

O primeiro foi marcado pelo zagueiro Michael Keane. Townsend e Gray complementaram o resultado.

Com o gol marcado, o camisa 11 Demirai Gray chegou a três gols nessa edição do Campeonato Inglês, dividindo a vice-artilharia da competição com atacantes importantes como Romelu Lukaku, do Chelsea, e Mohamed Salah, do Liverpool. Bruno Fernandes, do Manchester United, e Michail Antonio, do West Ham, são por enquanto os maiores goleadores do torneio, com quatro tentos cada.

Já o ranking de assistências é liderado com folga por Paul Pogba, do Manchester United, que já tem 7 passes para gol em apenas quatro rodadas.

Você pode acompanhar todos os resultados e detalhes da Premiere League e fazer suas apostas em EPL Sportsbet.

United vence na volta de CR7

Iniciada no sábado com a derrota do Totenham fora de casa para o Crystal Palace, por 3 a 0, mesmo com Harry Kane em campo, a rodada foi marcada por vitórias dos principais concorrentes ao título da competição.

O Manchester United sofreu até meados do segundo tempo, quando ainda empatava o jogo com o Newcastle em 1 a 1, mas depois terminou vencendo com tranquilidade por 4 a 1 em Old Trafford.

Cristiano Ronaldo, de volta à casa pela Premiere League, marcou os dois primeiros gols, sendo um de pé direito e outro de pé esquerdo. O camisa 7 não atuava pelos Diabos Vermelhos na liga inglesa há pouco mais de 12 anos.

Atual campeão da Liga dos Campeões, o Chelsea não teve dificuldades para derrotar o Aston Villa. Lukaku, que nunca havia marcado em Stanford Brigde, fez dois gols, e Kovacic complementou o placar. O jogo marcou a estreia de Saul Ninguez, contratado junto ao Atlético de Madrid, e teve também uma ótima atuação do zagueiro brasileiro Thiago Silva pelo centro da zaga.

Contusão feia na vitória dos Reds

O Liverpool também venceu por 3 a 0, mas em duelo fora de casa, contra o Leeds United de Marcelo Bielsa. O jogo foi marcado pela preocupante contusão do jovem volante Elliot, de 18 anos, que entrou sofreu uma entrada violentíssima e saiu de campo de maca. O autor da jogada, Pascal Strujik, recebeu cartão vermelho direto na jogada, que aconteceu aos 15 minutos do segundo tempo.

Os gols da partida foram marcados por Salah, Fabinho e Sadio Mané.

Já o Manchester City, outro dos candidatos ao título, teve mais dificuldades para conseguir seus três pontos ao visitar o Leicester City. O jogo terminou com o placar mínimo em favor do Manchester City, com o gol sendo marcado pelo meia português Bernardo Silva, aos 17 minutos do segundo tempo.

O treinador espanhol Pepe Guardiola escalou sua equipe novamente num 4-3-3, com o brasileiro Gabriel Jesus e o recém contratado Grealish fazendo, respectivamente, os lados direito e esquerdo do ataque.

Ainda entre os times com mais tradição e torcida, não se pode dizer que o Arsenal seja candidato ao título, pelo contrário, a equipe está lutando na parte debaixo da tabela – mesmo sendo o time que mais investiu em contratações.

No entanto, dessa vez a notícia foi boa para os torcedores dos gunners, que puderam comemorar não só a primeira vitória do time na competição mas também o primeiro gol. E foi o único, porque o Arsenal venceu o lanterna Norwich por 1 a 0.

O gol foi marcado pelo capitão Aubemayang, que recebeu assistência de Pepé aos 21 minutos do segundo tempo e mandou a bola para as redes.

Com apenas um gol marcado e 9 sofridos na competição, o Arsenal está em 16º lugar, duas posições acima da zona de rebaixamento. A pressão por resultados mais expressivos seguirá forte sobre o treinador Mikel Arteta.

A próxima rodada começa no sábado, 18 de setembro, e tem bons confrontos previstos, como o clássico londrino entre Totenham e Chelsea no domingo.