É possível treinar um cachorro mais velho?

Os cachorros são cheios de energia, adoram brincar e correr para todo lado o dia inteiro e, às vezes, acabam fazendo algumas travessuras que podem deixar seus tutores de cabelo em pé. E para diminuir a ocorrência dessas travessuras, adestrar o pet é a melhor opção.

O que acaba gerando muitas dúvidas na mente dos pais de pet, é se um cachorro já adulto pode ser treinado, e a resposta é sim. Não são apenas os filhotes que podem receber treinamento, os adultos e, até mesmo os cães idosos conseguem aprender os comandos de seus donos quando são adestrados corretamente.

Entretanto, para adestrar um cachorro adulto da maneira certa, é preciso seguir algumas dicas e também tomar alguns cuidados, os quais estão diretamente relacionados com a saúde do animalzinho.

E se você deseja treinar o seu cãozinho que já é um adulto, mas tem dúvidas sobre como fazer isso, continue lendo este nosso artigo e aprenda algumas coisas que vão te ajudar a realizar este treinamento.

Qual a melhor idade para se adestrar um cachorro?

É fato que a melhor idade para se adestrar um cãozinho, é enquanto ele ainda é apenas um filhote, visto que o aprendizado ocorre de forma bem mais rápida nessa época, além de ser muito importante para o dono já ir estabelecendo um bom relacionamento com seu animalzinho.

Ainda assim, para aprender não existe idade, e não há nenhum problema em treinar um cachorro em sua fase adulta ou, até mesmo, quando ele já estiver mais velhinho. A única questão aqui, é a forma como o cachorro será adestrado, pois, é preciso adequar o adestramento a idade do pet.

Como adestrar um cachorro já adulto?

Como mencionamos, um cachorro pode ser adestrado em qualquer idade, seja ele apenas um filhotinho, adulto ou de idade avançada. A verdade é que os cães aprendem durante toda a vida, e a única coisa que muda, é a forma como você irá adestrar o seu.

É preciso estabelecer um treinamento que corresponda às condições do animal, para não forçá-lo demais, mas que também seja eficiente e conceda resultados. E para te ajudar com essa tarefa, veja abaixo algumas dicas que vão te ajudar a adestrar seu pet da melhor maneira possível.

Leve o cachorro no veterinário para verificar suas condições

Lembra que mencionamos que para treinar um cachorro adulto é preciso tomar alguns cuidados com a saúde do pet? Então, isso acontece porque o cão adulto já viveu metade da sua vida, o que significa que ele pode ter desenvolvido alguns problemas de saúde que podem interferir no treinamento.

Dessa forma, o ideal é levar o cãozinho para fazer um check up completo com um veterinário, de preferência um que possua uma digitalizadora de raio-x, para que seja possível identificar se o cachorro possui algum tipo de problema ósseo ou muscular que o impeça de receber determinados tipos de treinamentos.

Escolha o melhor tipo de treinamento

O melhor treinamento para todo e qualquer cachorro, seja ele um filhote ou um adulto, é aquele com reforço positivo. E qual seria este reforço? Um petisco, é óbvio. Afinal de contas, não existe um cãozinho sequer que não goste de receber petiscos, não é mesmo?

Utilizar um clicker juntamente com o petisco também é uma excelente maneira de treinar o seu pet, mas primeiro você precisa fazê-lo associar o clicker ao reforço positivo do petisco. Isso pode levar um certo tempo, mas acredite, funciona.

Agora, jamais grite, bata ou utilize coleiras enforcadoras para treinar o seu pet. Eles possuem sentimentos, são como eternas crianças, e com certeza não merecem esse tipo de tratamento, além de não funcionar e poder deixar o cachorro agressivo.

Prepare-se para iniciar o treinamento

Você também precisa se preparar para dar início ao tratamento do seu pet. Essa parte é bastante simples e a primeira coisa que você deve fazer, é um estoque com os petiscos favoritos do seu cãozinho.

O segundo passo é escolher um local sem muitas distrações para treiná-lo, como o próprio quintal da sua casa, onde ele não ficará distraído com outros cães e também se sentirá mais confortável por estar em seu território.

Como o seu cãozinho já é um adulto, faça sessões curtas de treinamento no início e depois vá aumentando o tempo de forma gradual, como 2 sessões de 15 minutos por dia, por exemplo.

Comece pelos comandos básicos

Por fim, antes de tentar ensinar truques mirabolantes para o seu pet, comece pelos comandos mais básicos como sentar, ficar, deitar, rolar e dar a patinha. Depois, comece a ensinar o pet a ir até você sempre que você chamar, lembrando-se de garantir-lhe um reforço positivo sempre que ele obedecer.

Com o tempo, você já o estará ensinando a descer dos móveis e a não mexer em objetos com muita facilidade e, com certeza as travessuras em casa vão diminuir de forma considerável.