Últimas Notícias

O que é um quadro de distribuição de energia?

Afinal, o que é um quadro de distribuição de energia? Antes de mais nada, um quadro de distribuição é um equipamento que possui como objetivo armazenar os dispositivos de proteção da instalação elétrica e então distribuir a energia por todos os circuitos da residência.

Sendo assim, trata-se de um elemento obrigatório para toda instalação elétrica que necessita ser montado por um profissional especializado, para assim garantir a segurança dos moradores.

Além disso, é fundamental ter conhecimento dos principais elementos de um quadro de distribuição de energia para o sucesso de uma obra. Então, continue a leitura para entender os detalhes de seu funcionamento. Confira!

Então, o que é um quadro de distribuição de energia?

Em suma, um quadro de distribuição é um equipamento que possui como objetivo armazenar os dispositivos de proteção da instalação elétrica. Para depois distribuir a energia por todos os circuitos da sua casa.

Dessa maneira, chamado também de quadro de força, quadro elétrico ou então quadro de luz, ele é usado em residências, ambientes comerciais, indústrias e qualquer outro projeto que precise de uma instalação elétrica.

Outro ponto importante é que um quadro de distribuição residencial normalmente é feito de PVC. Porém, também há a versão metálica, utilizada principalmente em fábricas ou edificações de grande porte.

Pronto, agora você já entende o que é um quadro de distribuição energia. Mais ainda há detalhes para conferir em relação ao seu funcionamento.

Afinal, como funciona um quadro de distribuição de energia?

Antes de mais nada, é no quadro de distribuição que se encontra todo o cabeamento da instalação elétrica de uma residência ou de uma empresa. Dessa maneira, ele faz o armazenamento dos dispositivos para proteção, que são os disjuntores, o DR (diferencial residual) e também os DPS (dispositivo de proteção contra surtos).

Assim, confira um resumo do que cada um desses itens faz:

Disjuntores

Primeiramente, são dispositivos que protegem a instalação elétrica contra curtos-circuitos ou sobrecargas. Ou seja, quando há um excesso de carga, eles interrompem imediatamente o funcionamento das redes. Por sua vez, essa interrupção evita danos ou até mesmo casos mais graves, como incêndios.

Mais um ponto importante é que a quantidade de disjuntores presentes em um quadro de distribuição irá depender da necessidade de cada residência. Portanto, quem realiza essa análise é o profissional responsável por fazer a instalação elétrica.

DR (Diferencial Residual)

Já o interruptor diferencial residual, chamado também pelas siglas IDR ou DR, detecta e evita qualquer fuga de corrente na instalação elétrica. Em resumo, explicando de forma mais simples, ele protege os moradores da casa contra choques e também incêndios.

DPS (Dispositivo de Proteção Contra Surtos)

Por fim, o DPS, como o próprio nome deixa claro, é um equipamento que detecta e desvia as correntes de surto da instalação elétrica. Ou seja, nesse caso é preciso entender o que é um surto elétrico.

Sendo assim, estamos falando de um distúrbio na rede elétrica, que pode acarretar danos quando atingem eletrodomésticos ou então eletroeletrônicos. Além disso, ele ocorre diariamente na volta de quedas de energia, ao ligar e desligar de máquinas, quando a rede elétrica é atingida por um raio, entre outras causas.

Após receber a energia do quadro de medição, que é o equipamento responsável por medir o consumo mensal de energia, o quadro de distribuição distribui a corrente elétrica através  dos disjuntores.

Quais são os principais tipos de quadro de distribuição de energia?

Dessa maneira, há no mercado basicamente dois tipos de quadro de distribuição: o de embutir ou o de sobrepor. Sendo assim, o primeiro modelo é instalado dentro da parede, que deve ser cortada antes da instalação. Já o tipo de sobrepor, como o nome já diz, é instalado sobre a parede.

Além disso, um dos tipos mais utilizados é o quadro de distribuição com barramento. Ou seja, trata-se de um elemento responsável por fazer a distribuição da tensão e corrente dentro do sistema elétrico.

Qual é o melhor lugar da casa para colocar o quadro de distribuição?

De acordo com a NBR-5410 (Instalações elétricas de baixa tensão), o quadro de distribuição precisa ser instalado em local de fácil acesso e também possuir identificação do lado externo, legível e que não seja facilmente removível.

Dessa maneira, ao comprar quadro de distribuição, tenha em mente que ele não pode ser instalado em ambientes fechados, como quartos e banheiros. Além disso, é fundamental seguir alguns requisitos no momento de escolher o melhor local para montar o seu quadro de distribuição.

Portanto, é fundamental observar que a NBR-5410 pede que o quadro de distribuição esteja no centro das cargas. Ou seja, que fique o mais próximo possível de ambientes com cargas pesadas, como a cozinha, o banheiro ou até mesmo a área de serviço.

Outro ponto a se considerar é que é interessante que o quadro de distribuição fique o mais perto possível do medidor da concessionária de energia. Isso porque há entre eles um condutor geral, que muitas vezes possui alto custo.

Sendo assim, ao deixar próximos o quadro de distribuição e o medidor, não existe a necessidade de comprar cabos muito longos e isso traz mais economia para o seu projeto de eletricidade.

Por fim, vale mencionar que a NBR-5410 também determina que o quadro de distribuição possua um espaço de reserva para ampliações futuras. Bem como a identificação dos seus componentes e respectivos circuitos.

Então, o que achou sobre o quadro de distribuição de energia? Deixe nos comentários.