PUBLICIDADE



Fenics 2017
Inicio » Mais Seções » Palitos inteligentes na China para detectar comida estragada

Palitos inteligentes na China para detectar comida estragada


Reviewed by:
Rating:
5
On 4 de setembro de 2014
Last modified:4 de setembro de 2014

Summary:

Palitos inteligentes na China para detectar comida estragada

Baidu, um dos gigantes da internet na China, apresentou nesta semana em um vídeo um protótipo de palitos inteligentes para detectar se a comida é segura antes de ser consumida.

Palitos inteligentes na China para detectar comida estragadaPalitos inteligentes na China para detectar comida estragada
Palitos inteligentes na China para detectar comida estragada

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter

O projeto nasceu como uma brincadeira em um vídeo divulgado no dia da mentira, mas depois a empresa decidiu desenvolvê-lo em resposta aos grandes escândalos de comida contaminada dos últimos anos na China.

“No início não tínhamos nenhuma intenção de seguir com isso. Mas gerou muito interesse dentro e fora” da empresa, disse na quarta-feira um porta-voz do Baidu.

No vídeo divulgado nesta semana é possível ver um usuário que coloca os palitos dentro de três óleos de cozinha diferentes. Os sensores detectam a temperatura do óleo e determinam se é apto para o consumo.

Se o óleo tem mais de 25% de TPM, um indicador do frescor dos alimentos, uma luz vermelha se acende. Depois a informação é enviada a um aplicativo de telefone celular.

A segurança dos alimentos é um tema que causa muita preocupação na China, em especial desde o caso de contaminação de leite infantil com melanina de 2008, que matou seis crianças e deixou outras 300.000 doentes.

Os chineses temem, em particular, a presença na comida de óleo impróprio para o consumo, ou seja, óleo para cozinhar que foi obtido ilegalmente reciclando óleo já usado ou recolhendo-o nos restaurantes e vendendo-o como novo.

No ano passado, as autoridades de saúde lançaram uma grande operação para confiscar este tipo de óleo na qual 100 pessoas foram detidas e 20 condenadas, duas delas à prisão perpétua.

Até o momento o Baidu fabricou apenas protótipos dos palitos inteligentes e o produto não tem data de comercialização.


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaços abaixo são destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail valido).