FENICS 2019 - ACI

Inicio » Esporte » Outros Esportes » Surfista brasileiro está em coma após acidente no Havaí

Surfista brasileiro está em coma após acidente no Havaí

Eduardo Bassetto foi atingido pela prancha em uma sessão de ondas grandes; hospital não divulgou estado de saúde do atleta

O surfista brasileiro Eduardo Bassetto sofreu um grave acidente na última sexta-feira (15) enquanto participava de uma sessão de ondas grandes na praia de Makaha, no Havaí, e está em coma induzido, segundo relato do seu amigo e também surfista Ricardo Taveira.

Eduardo Bassetto foi atingido por prancha e está internado em estado grave
Eduardo Bassetto foi atingido por prancha e está internado em estado grave

.

.

Testemunhas disseram que Bassetto foi atingido por um outro surfista enquanto este pegava uma onda e não conseguiu desviar.

“Ontem eu fui no hospital visitá-lo. Ele ainda está em coma induzido. Dei um abraço na esposa e fizemos uma oração. Ele precisa de muita oração”, disse Taveira por meio do seu Facebook.

“Focamos nossa energia para desinchar o cérebro, pois está muito inchado. Ele está descansando, a pancada foi muito forte. Ele vai ficar bem, mas precisa de nossas orações”, afirmou.

Por causa do choque, Bassetto desmaiou e ficou um tempo debaixo d’água até que a equipe de resgate fosse resgatá-lo.

.

.

À reportagem, o Queen’s Medical Center, hospital em que o brasileiro está internado, informou que não está autorizado a passar informações sobre o estado de saúde do surfista.

Bassetto não faz parte do Mundial de surfe e participa, já há algumas temporadas, de sessões de ondas grandes no Havaí.

É justamente no Havaí onde acontece os principais eventos de ondas grandes, como o “Eddie Would Go”, o torneio mais famoso dessa modalidade.

Na última semana, as ondas chegaram a quase dez metros de altura em Waimea, que fica próximo da praia de Pipeline, local que recebe a última etapa do Mundial de surfe.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *