Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Rússia nega que seus bombardeios tenham atingido o menino Omran

Rússia nega que seus bombardeios tenham atingido o menino Omran

A Rússia negou nesta sexta-feira (19/08/2016) que um de seus ataques aéreos tenha atingido o menino Omran, cuja imagem empoeirada e ensanguenta virou um símbolo da tragédia de sua cidade, Aleppo.

A foto de Omran, de 4 anos, foi tirada pouco depois do bombardeio contra o bairro rebelde de Qaterji
A foto de Omran, de 4 anos, foi tirada pouco depois do bombardeio contra o bairro rebelde de Qaterji

“Os aviões russos que operam na Síria jamais atacam alvos no interior de zonas povoadas”, assegurou um porta-voz militar, Igor Konashenkov, em um comunicado.

A Rússia não atacou qualquer objetivo na quarta-feira (17/08/2016), no leste de Aleppo, onde a foto do menino Omran foi tirada, acrescenta o texto.

A foto de Omran, de 4 anos, foi tirada pouco depois do bombardeio contra o bairro rebelde de Qaterji. A imagem da criança atordoada dentro da ambulância rodou e comoveu o mundo.

As acusações dos meios de comunicação ocidentais são “uma exploração cínica da situação em Aleppo e um clichê da propaganda antirrusa”, acrescentou o porta-voz.

Segundo a fonte, o ataque foi cometido pelos próprios rebeldes para desacreditar os esforços russos a favor da criação de um corredor humanitário.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *