Semana Global do Empreendedorismo - CLIQUE AQUI

Últimas Notícias
Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Famílias assentadas recebem benefícios no Norte de Minas

Norte de Minas – Famílias assentadas recebem benefícios no Norte de Minas

Norte de Minas – Famílias assentadas recebem benefícios no Norte de Minas

Além de títulos de posse, os assentados têm acesso a políticas públicas voltadas para o setor, como crédito e assistência técnica

Neste domingo (25/03), assentados da Reforma Agrária do município de Montalvânia, no Norte de Minas, receberão importante incentivo para manutenção da produção em suas propriedades. Assentados das comunidades de Grota do Espinho, Paraíso Salobro e Vaca Preta receberão crédito rural, sendo R$ 3.000 do Fomento Mulher e R$ 5.0000 do Fomento Semiárido, conforme adequação de cada família.

Durante os dois mandatos, a ação parlamentar do deputado Zé Silva garantiu o investimento de cerca de R$ 246 milhões, beneficiando diretamente os agricultores familiares da região.
Durante os dois mandatos, a ação parlamentar do deputado Zé Silva garantiu o investimento de cerca de R$ 246 milhões, beneficiando diretamente os agricultores familiares da região.

 

Ao todo, serão investidos recursos no valor de mais de meio milhão de reais, beneficiando 90 famílias de pequenos produtores que vivem nas três comunidades.

A instalação da Unidade Avançada do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Montes Claros, em julho de 2017, facilitou a implementação da política de Reforma Agrária nos municípios por ela atendidos. “A unidade traduz um compromisso do Incra com a Reforma Agrária, de estar mais próximo dos trabalhadores rurais, reduzindo a distância física em relação às sedes administrativas das Superintendências Regionais e facilitando o acesso à regularização fundiária e demais políticas públicas”, destaca o superintendente do Incra em Minas Gerais, Robson de Oliveira Fonzar.

Os números comprovam o argumento do superintendente. Nos primeiros meses após a instalação, a Unidade em Avançada do INCRA em Montes Claros foi responsável pela atualização cadastral de 2.155 famílias; 2.040 supervisões e fiscalização de concessão e créditos; 1.644 supervisões ocupacionais; 850 atendimentos na sede ao público-alvo (assentados, trabalhadores rurais, proprietários de imóveis rurais, entre outros).

A unidade também emitiu e entregou aos assentados 475 Contratos de Concessão de Uso (CCU), e a aplicou de R$ 1.488.600,00 em concessão de créditos instalações. “Considerando os resultados já alcançados, é possível afirmar o quão foi acertada a decisão de instalar a unidade em Montes Claros”, avalia o superintendente.

A instalação da unidade do Incra em Montes Claros é resultado de uma mobilização iniciada pelo deputado federal mineiro Zé Silva, com objetivo de facilitar o acesso dos produtores rurais ao apoio técnico. “Desde 2011, quando cheguei à Câmara dos Deputados, iniciei um trabalho estruturante junto ao Governo Federal, em defesa dos produtores rurais. A unidade do Incra em Montes Claros foi a primeira a ser instalada fora da capital dos estados onde tem sede do instituto e é uma conquista história para Minas.  Agora os assentados não precisam mais viajar até 15 horas para buscar atendimento em Belo Horizonte ou Brasília, garantindo maior celeridade nos processos e na implantação de políticas públicas, trazendo mais qualidade de vida para as famílias”, ressalta.

SERVIÇOS ESSENCIAIS

Montes Claros é um polo regional onde se concentram, aproximadamente, 4.700 famílias, em 71 projetos de assentamento. A unidade do Incra instalada no município também está beneficiando as mais de 12 mil famílias assentadas no Norte de Minas, Noroeste e no Vale do Jequitinhonha. “Além da terra, o desafio é garantir o acesso a serviços essenciais como saúde e educação, e às políticas públicas voltadas para o setor, como crédito e assistência técnica”.

Com esse propósito, o deputado vem trabalhando para fazer com que essas políticas públicas alcancem os produtores rurais da região. “Tenho convicção de que esse é o papel do parlamentar, de aproximar o Estado brasileiro, de levar oportunidades às pessoas e possibilitar melhores condições para que elas tenham uma vida digna”, conclui.

Nesta sexta-feira (23), serão entregues trator e implementos agrícolas na Comunidade do Alegre no município de Pintópolis, no sábado (24), serão entregues dois tratores e implementos agrícolas, um ônibus escolar e um 01 kit-feira livre, em Lagoa dos Patos. No domingo (25), além da entrega de fomento em Montalvânia, também será inaugurada a energia elétrica do programa Cozinha Comunitária, nas comunidades de Paraterra e Água Boa, e entrega de material de irrigação e caixa d’água na Associação do Mocambo, no município de Bocaiúva.

AÇÃO PARLAMENTAR

Durante os dois mandatos, a ação parlamentar do deputado Zé Silva garantiu o investimento de cerca de R$ 246 milhões, beneficiando diretamente os agricultores familiares da região.

Somente na pavimentação da via que liga Manga/MG a Cocos/BA foram investidos R$ 77 milhões. Mas a obra foi interrompida no trecho que liga Montalvânia ao povoado de Monte Rei, e a população aguardou por anos. A ação parlamentar do deputado garantiu a conclusão da obra no ano passado, contribuindo não para só para o deslocamento com mais segurança, mas também para o escoamento da produção na região.

O recurso também foi aplicado em obras como construção de barragens, instalação de equipamentos para irrigação, entrega de tratores e implementos agrícolas, construção de unidades de processamento de leite, agroindústria para processamento de alimentos da agricultura familiar, sistema de abastecimento de água, veículos, recuperação de rios e matas ciliares, construção de estradas em assentamentos, manutenção de estradas vicinais, equipamento de apoio para a produção de mel, equipamentos para feira livre, construção de mercados e centros de comercialização da agricultura familiar, projetos de combate à pobreza rural, estruturação regional de inspeção sanitária, construção de quadras e ginásios poliesportivos, entre outras obras.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *