Inicio » Minas Gerais » Caminhoneiros ocupam rodovias mineiras no terceiro dia de protestos contra aumento de combustíveis

Caminhoneiros ocupam rodovias mineiras no terceiro dia de protestos contra aumento de combustíveis

Caminhoneiros ocupam rodovias mineiras no terceiro dia de protestos contra aumento de combustíveis

Os caminhoneiros entram, nesta quarta-feira (23/05/2018), no terceiro dia de protestos contra o aumento do preço do diesel nas principais rodovias que cortam Minas Gerais. Desde a madrugada da segunda, manifestantes estão liberando a passagem apenas de veículos de passeio e motocicletas. 

Caminhoneiros ocupam rodovias mineiras no terceiro dia de protestos contra aumento de combustíveis
Caminhoneiros ocupam rodovias mineiras no terceiro dia de protestos contra aumento de combustíveis

 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), às 20h, foram registrados 37 pontos de interdição para veículos de carga nas BRs 040, 050, 116, 153, 251, 262, 365 e 381.

Confira onde:

As manifestações acontecem também em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo, Paraná e Rio Grande do Sul. De acordo com a Associação Brasileira de Caminhoneiros, a categoria cobra a redução de impostos, como os cobrados sobre o óleo diesel, reivindicando a zeragem da alíquota de PIS/Pasep e Cofins e a isenção da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico).

O fechamando de rodovias já era previsto desde a última semana caso as reivindicações não fossem atendidas pelo governo federal. A Petrobras disse que o valor acompanha as variações do mercado internacional e os ajustes do valor podem ou não refletir para o consumidor final, dependendo dos postos. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas já acumula alta de 8% no ano. O valor supera a inflação acumulada no ano, de 0,92%, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Petrobras anuncia queda nos preços

A partir desta quarta-feira (23), a gasolina e o óleo diesel ficarão mais baratos nas refinarias de todo o país. Informações divulgadas nesta terça-feira (22) no site da Petrobras indicam que o preço da gasolina cairá 2,08% e o do diesel, 1,54%.

A queda no preço da gasolina ocorre depois de 11 aumentos consecutivos nos últimos 17 dias e de o preço do produto ter fechado os primeiros 21 dias do mês de maio com alta acumulada de 16,07%. Com a queda de 2,08% que entra em vigor amanhã, o preço da gasolina nas refinarias cairá para R$ 2,0433.

No caso do diesel, com a queda de 1,54%, após sete aumentos consecutivos, o produto passará a custar a partir de amanhã nas refinarias R$ 2,3351. O diesel acumula desde o dia 1º de maio alta de 12,3%.

A queda de preços anunciada nesta terça-feira pela Petrobras se dá um dia depois de a companhia ter informado mais um aumento nas refinarias de todo o país nos valores do diesel, que subiu 0,97%, e nos da gasolina, com alta de 0,9%.

No mesmo dia, mais cedo, caminhoneiros de todo o Brasil iniciaram uma greve geral contra os aumentos do diesel, o que levou à paralisação dos transportes de carga e ao bloqueio de rodovias em vários estados.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *