Vaga no Bolso

Inicio » Internacional » Europa » Papa Francisco diz estar ‘profundamente triste’ por mortes no Japão

Papa Francisco diz estar ‘profundamente triste’ por mortes no Japão

Papa Francisco diz estar ‘profundamente triste’ por mortes no Japão

O papa Francisco enviou  uma nota às autoridades eclesiásticas do Japão dizendo estar “profundamente entristecido” ao saber da perda de vidas das inundações. Francisco afirmou que está orando pelas vítimas e pelas equipes envolvidas em operações de busca e salvamento.

O pontífice afirmou que está orando pelas vítimas e pelas equipes envolvidas em operações de busca e salvamento
O pontífice afirmou que está orando pelas vítimas e pelas equipes envolvidas em operações de busca e salvamento

 

As fortes chuvas registradas no sudoeste do Japão deixaram pelo menos 103 mortos e 80 desaparecidos.

UE

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, sugeriu nesta segunda remarcar para a próxima semana uma reunião que teria na quarta-feira, 11, em Bruxelas com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, diante das recentes tempestades que deixaram dezenas de mortos no país asiático. O propósito do encontro é assinar um acordo de livre comércio entre União Europeia e Japão. Tusk também sugeriu que o local da reunião seja transferido de Bruxelas para Tóquio.

Abe cancelou a viagem que faria esta semana à Europa para monitorar as ações de emergência do governo japonês.

Tusk afirmou que a “UE irá ajudar de todas as formar que puder” e acrescentou que, “diante das trágicas circunstâncias”, o bloco está pronto para transferir “a cúpula UE-Japão de Bruxelas para Tóquio na próxima semana”.

O secretário-geral, Yoshihide Suga, disse a repórteres na segunda-feira que pelo menos 103 pessoas morreram devido às fortes chuvas, inundações e deslizamentos de terra que atingiram grande parte do sudoeste do Japão. Ele disse que 80 pessoas não foram encontradas, muitas delas na área mais atingida de Hiroshima.

Resgate

Equipes japonesas concentram os resgates na região sudoeste do país, onde vários dias de fortes chuvas provocaram inundações e deslizamentos de terra.

Moradores de Hiroshima disseram que foram pegos desprevenidos em uma região não acostumada a chuvas torrenciais, que começaram na sexta-feira e pioraram no fim de semana. Rios transbordaram, transformando cidades em lagos e deixando dezenas de pessoas presas nos telhados. Barcos e helicópteros militares trabalham transportando esses moradores para áreas secas.

O resgate de vítimas tem sido difícil devido à ampla área afetada. As autoridades alertaram que os deslizamentos de terra podem ocorrer mesmo após a chuva diminuir.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *