Vaga no Bolso

Inicio » Esporte » Handebol » Sonho adiado: Handebol de Montes Claros termina em terceiro no mineiro cadete masculino

Sonho adiado: Handebol de Montes Claros termina em terceiro no mineiro cadete masculino

Sonho adiado: Handebol de Montes Claros termina em terceiro no mineiro cadete masculino

Depois do bicampeonato, consecutivo, no Mineiro Cadete Masculino (2016/2017), a equipe do Handebol Prefeitura de Montes Claros não conseguiu a mesma colocação este ano no torneio que aconteceu entre os dias 10 e 14 deste mês, na cidade de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, e terminou em terceiro lugar do mineiro.

Sonho adiado: Handebol de Montes Claros termina em terceiro no mineiro cadete masculino
Sonho adiado: Handebol de Montes Claros termina em terceiro no mineiro cadete masculino

 

A competição ocorreu no Praia Clube/Colégio Nacional e reuniu oitos times que foram divididas em duas chaves. Montes Claros ficou na Chave “A” ao lado dos times do Abesc/BH, Ituiutaba e os anfitriões Praia Clube/Colégio Nacional. Na outra chave, Santa Vitória, Lagoa da Prata, Abesc// João Monlevade e Pitangui.

Na primeira rodada, quarta-feira, 10, Montes Claros venceu o Abesc/BH pelo placar de 32 a 26 e o destaque da partida foi o armador esquerdo Pedro Alves Mendes Pereira que marcou 12 gols na competição.

Na segunda partida, os comandados do técnico Lucas Nagem também venceram. Desta vez os adversários foram os jogadores de Ituitaba e o atleta norte-mineiro Ítalo Gabriel S. Miranda foi o destaque, terminando em sexto lugar na artilharia do campeonato com 32 gols.

A terceira partida foi uma pedreira contra os donos da casa. E mostrando superioridade, a equipe local superou Montes Claros e venceu por 27 a 12 e terminou a fase classificatória em segundo lugar.

Na semifinal de sexta, 12, depois de um empate em 16 a 16 contra Santa Vitória no tempo normal, a equipe norte-mineira deixou escapar a chance de ir para a terceira final consecutiva e perdeu por 26 a 25. O goleiro de Montes Claros João Fávio Antunes Teixeira, foi eleito o destaque da partida.

Na disputa pelo terceiro lugar, na manhã deste domingo, o Montes Claros enfrentou a equipe de Lagoa da Prata e venceu pelo placar de 23 a 20, depois de ter começado a partida aparentemente cansados pela longa viagem e dos jogos anteriores, chegando a perder por 7 a 1 e terminando o primeiro tempo em 12 a 12.

Na volta, os atletas se esforçaram e reverteram o placar e fecharam a participação na competição com a terceira colocação. Novamente o armador central Ítalo Gabriel Miranda foi eleito o melhor atleta da partida.

Ao término do campeonato, a classificação final ficou da seguinte forma: em primeiro lugar o Praia Clube/Colégio Nacional, seguido pela equipe de Santa Vitória, em terceiro o Handebol Prefeitura de Montes Claros, Lagoa da Prata em quarto, Abesc/BH na quinta posição, em sexto o time de Ituiutaba, Abesc/João Monlevade terminou em sétimo e Pitangui ficou com a oitava posição.

Na seleção do campeonato, Montes Claros teve dois atletas entre os melhores e, ainda, o melhor técnico entre as equipes participantes. João Flávio Antunes Teixeira foi eleito o melhor goleiro e Pedro Alves, o melhor armador esquerdo.

O jovem, mas já experiente técnico do Montes Claros, Lucas Nascimento Nagem, eleito o melhor técnico, destacou a participação do time norte-mineiro na competição e o seu honroso terceiro lugar. ” Foi um campeonato de grande nível, que proporcionou jogos de altíssima qualidade para nossos atletas. Perdemos para dois times de muita qualidade e que sempre estão nas primeiras colocações nos campeonatos do estado”, destacou.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *