Matrículas Aberta - Escola Adventista

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Esporte » Senado aprova projeto que permite punição à torcida organizada

Senado aprova projeto que permite punição à torcida organizada

Senado aprova projeto que permite punição à torcida organizada

O plenário do Senado aprovou projeto de lei que endurece regras para torcedores e torcidas organizadas que praticarem atos de violência. O texto aumenta de três  para cinco anos a punição de afastamento dos locais dos jogos para os torcedores que participarem de atos de invasão de treinos, confronto com outros torcedores ou agressões a atletas.

Senado aprova projeto que permite punição à torcida organizada
Senado aprova projeto que permite punição à torcida organizada

 

O projeto de lei também permite aplicar a punição mesmo se os atos ocorrerem longe dos centros esportivos ou das datas dos eventos. A relatora do projeto é a senadora do Distrito Federal, Leila Barros, do PSB.

A matéria agora segue para sanção presidencial.

O Estatuto do Torcedor, sancionado em 2010, já pune a torcida organizada que promover tumulto; praticar ou incitar a violência; ou invadir local restrito aos competidores, árbitros, dirigentes ou jornalistas. Porém, havia uma lacuna na lei sobre punições para as torcidas de atos praticados fora dos ambientes esportivos.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *