Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Desejo de trabalhar com arte levou funcionária pública a empreender em Montes Claros

Montes Claros – Desejo de trabalhar com arte levou funcionária pública a empreender em Montes Claros

Montes Claros – Desejo de trabalhar com arte levou funcionária pública a empreender em Montes Claros

Montes Claros – Empreender é decidir realizar. É, literalmente, criar processos que coloquem ideias em prática.  E, nesta dinâmica de constante fluxo, cresce o número de mulheres que se tornam donas de seu próprio negócio no Brasil.  De acordo com pesquisa realizada pelo Sebrae, em 2017 e 2018, a proporção de mulheres empreendedoras passou de 38% para 45%. São 9,3 milhões de mulheres à frente de uma empresa, representando 34% do total de donos de negócios no país. 

Montes Claros - Desejo de trabalhar com arte levou funcionária pública a empreender em Montes Claros
Montes Claros – Desejo de trabalhar com arte levou funcionária pública a empreender em Montes Claros

 

A Moldura Minuto, rede de emolduramento e galeria de arte, tem na prática o exemplo deste empreendedorismo. Com mais de 60 unidades no país e 3 no exterior,  cerca de 68% de seus franqueados são mulheres.

Solange Marcelino, por exemplo, acaba de inaugurar seu quiosque da Moldura Minuto em Montes Claros, sendo a primeira unidade da marca em Minas Gerais.  Graduada em Economia Doméstica, pós-graduada em Educação e Gestão Pública e Mestre em Planejamento Urbano e Regional, a servidora pública de carreira decidiu também empreender.

Como é apaixonada por arte, em 2019, começou a busca por um caminho ligado a esta paixão, que fosse financeiramente sustentável e que tivesse um propósito maior, de agregar coisas positivas ao dia a dia das pessoas.

O encontro de Solange com a Moldura Minuto havia acontecido quase uma década antes, em 2011, quando recém chegada de viagem à Europa, de onde trouxe vários materiais impressos, inclusive um encarte de uma obra de Van Gogh, ela foi a uma das lojas da rede para emoldurar este material. Em 2019, em uma tarde de fim de semana, enquanto olhava o quadro de Van Gogh e já com a ideia de empreender em mente, Solange teve o insight: “vou abrir uma Moldura Minuto em Montes Claros!”

Para mim, se tratando de um negócio, teria que ser algo onde as pessoas pudessem sentir entusiasmo, interagir, opinar e não apenas comprar. Um espaço de troca, que fosse além da mera relação de consumo. Chega um cliente e diz “que loja bonita”, começamos uma conversa e o negócio acontece. Isso pra mim também é arte”, conta.

Com pouco mais de um mês do negócio inaugurado, Solange diz que o aprendizado tem sido diário. “O quiosque está em uma localização estratégica, contando com uma clientela bastante diversificada. A parceria com os arquitetos e designers da cidade começa a acontecer na prática. Existe uma demanda latente de serviços. É tudo muito novo, uma aventura gostosa nesse norte do Estado de Minas Gerais. E vamos chegar a outras regiões do estado, esse é o plano! Levar arte para a vida das pessoas, de todas as pessoas, sem exceção”, finaliza Solange.

Joyce Nascimento, gerente de franchising da rede, conta que as mulheres são muito participativas e engajadas no negócio.  “Percebo que quando a mulher entra em uma empreitada, ela realmente abraça. É muito mais que um negócio, muito mais que ganhar dinheiro. A mulher tem paixão, vibra. Muitas vezes ela busca a franquia Moldura Minuto, justamente porque ela procura algo muito além do negócio. Algo onde ela possa se envolver e criar”, diz.

Atualmente, a Moldura Minuto possui 3 modelos de negócios distintos e atua em todas as regiões do Brasil, com foco em emolduramento rápido e galeria de arte.

Para saber mais, acesse:  https://molduraminuto.com.br/

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Um comentário

  1. Robson Araujo - Blogueiro

    Que Deus abencoe grandemente ela nesta nova jornada. Que essa historia vem motivar mais e mais pessoas. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *