Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias
Curso - Fórmula da Eleição 2020
Inicio » Mais Seções » Ciência » Pesquisa da UFMG mostra que dieta à base de insetos é alternativa viável para aves de corte

Pesquisa da UFMG mostra que dieta à base de insetos é alternativa viável para aves de corte

Pesquisa da UFMG mostra que dieta à base de insetos é alternativa viável para aves de corte

Estudo realizado no Instituto de Ciências Agrárias (ICA) da UFMG demonstrou que dieta à base de insetos é nutritiva, proporciona ganho de peso e não causa prejuízos à saúde de aves de corte. Larissa Freitas, estudante do curso de Zootecnia, obteve, em seu projeto de iniciação científica, resultados positivos em testes com a inserção de farinha de barata-de-madagascar na alimentação de 312 codornas.

Barata de Madagascar - Foto: Amanda Lelis UFMG
Barata de Madagascar – Foto: Amanda Lelis UFMG

 

A pesquisadora afirma que o alimento pode ser utilizado de forma sustentável e tem grande potencial de comercialização. A barata foi usada como modelo devido ao seu alto potencial biológico e por ter cerca de 60% de proteína bruta em sua composição.

O projeto, desenvolvido no Setor de Coturnicultura do ICA, recebeu menção honrosa no Congresso Brasileiro de Insetos Alimentícios e Tecnologias Associadas (Insetec), realizado no fim do ano passado, no campus Montes Claros.

O programa Veredas da ciência, veiculado pela Rádio UFMG Educativa Montes Claros, conta os detalhes desse estudo. A produção e a reportagem são de Amanda Lelis.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *