Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Cobra de sete metros dá o bote e assusta família: “tira o braço daí, Eduardo!”

Cobra de sete metros dá o bote e assusta família: “tira o braço daí, Eduardo!”

Uma cobra de aproximadamente sete metros de comprimento atacou uma caminhonete que estava dentro de um sítio em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, nas proximidades da Rodovida BR-163, na última sexta-feira (12). 

Cobra de sete metros dá o bote e assusta família: "tira o braço daí, Eduardo!"
Cobra de sete metros dá o bote e assusta família: “tira o braço daí, Eduardo!”

 

A serpente foi encontrada enquanto o fazendeiro Eduardo Jacintho, de 38 anos, e um de seus funcionários olhavam o pasto e o gado na fazenda. Com isso, o homem ligou para a esposa e a chamou para ver o animal, de dentro do carro da família.

“Ela estava muito quietinha, então decidi passar bem devagar. Só que ela tentou dar o bote e foi um susto. Minha esposa estava filmando. Na hora, pensei em dar ré, mas, fui seguindo e ela tento um novo bote”, comentou Jacintho ao portal de notícias G1.

De acordo com ele, não é o primeiro encontro entre a família e a gigantesca serpente. Há alguns anos, relata o pecuarista, o animal foi visto em uma represa que fica próximo à sua fazenda e os deixou “admirados”. “A cada dois anos ela aparece. É a gigantona que sempre vemos por lá”, lembra Jachintho na entrevista.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *