Últimas Notícias

Montes Claros – Organizado pela UnB e com a participação da Unimontes, e-book populariza as informações corretas sobre a Covid

Montes Claros – Organizado pela UnB e com a participação da Unimontes, e-book populariza as informações corretas sobre a Covid

Montes Claros – Desmitificar a linguagem científica para a pessoa comum tornou-se tão desafiador como buscar o tratamento correto e a vacina preventiva contra o Novo Coronavírus. Os cientistas entendem que efeitos de uma notícia falsa ou de uma informação mal apurada são tão nocivos como a própria doença e, para que isso não aconteça e que cada vez mais pessoas entendam o que está acontecendo na pandemia, um grupo de pesquisadores criou o e-book “Covid-19: Informação e Cuidado para Superar a Crise”.

Montes Claros – Organizado pela UnB e com a participação da Unimontes, e-book populariza as informações corretas sobre a Covid

 

O projeto é coordenado pela professora doutora Fabiana Brandão Alves Silva, atualmente docente titular do Departamento de Farmácia – áreas de Análises Clínicas (Imunologia, Biologia e Patologia Molecular) na Universidade de Brasília (UnB). Ao lado da USP e da Unicamp, a Universidade Estadual de Montes Claros é uma das parceiras oficiais da iniciativa, inclusive na elaboração de um dos capítulos do livro eletrônico, co-produzido pela pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (PPGB/Unimontes), professora doutora Alessandra Ericsson Xavier. O acesso ao e-book já está disponível gratuitamente pelo link: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39397.

A ciência colaborativa proposta pelo projeto, com o objetivo de popularizar a linguagem sobre a Covid-19, tem a sua origem voluntária entre pesquisadores, professores, acadêmicos da graduação e da pós-graduação e profissionais da área da saúde. “Em abril, houve uma chamada emergencial na UnB específica para projetos e ações de pesquisa, inovação e extensão para o combate à Covid-19 e apresentamos este modelo do e-book, à época ainda sem a garantia de insumos ou mesmo de recursos ou parceiros”, explica Fabiana Brandão, que tem origens no Norte de Minas e foi bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/Unimontes) durante a graduação em Biomedicina (2007).

“O BOM COMBATE”

Além do exercício de cidadania propriamente dito, assumido por toda a equipe de voluntários, a pesquisadora da UnB deixa claro que o trabalho tem uma missão: combater os mitos e as mentiras sobre a Covid-19. As evidências científicas aplicadas no projeto citadas pela professora incluem uma ampla pesquisa bibliográfica sobre a doença, especialmente na literatura inglesa sobre saúde, referência mundial no assunto. Foram utilizados também bancos de dados referenciados e aplicativos. Grande parte da ilustração utilizada é inédita.

“Desde o início da pandemia, houve uma série de informações veiculadas, principalmente nas redes sociais e entre pessoas leigas, que não foram baseadas em evidências científicas. Para ser bem sincera: isso adoeceu ainda mais a população porque gerou transtorno, gerou dor porque propagavam o que não é verdade. As pessoas, por conta do desespero, da ansiedade e até mesmo por desconhecer os métodos científicos e as fases de um estudo clínico, acreditavam nessas falsas informações”, desabafa a estudiosa.

CARÁTER SOCIAL

Juntamente com as evidências científicas que embasam cada capítulo, o diferencial do e-book de 250 páginas está na linguagem didática e até mesmo lúdica, considerada de relevância social e acadêmica e de “caráter educativo, social e científico” pelo Comitê de Extensão da UnB, ao aprovar o registro do projeto, semana passada.

Em destaque, um capítulo feito por crianças (“Cientistas Mirins” – Capítulo 8, página 200). Nele, uma ficção sobre um garoto de oito anos que “viaja” pelo organismo humano para entender e combater o Novo Coronavírus. As ilustrações são de estudantes do ensino fundamental de várias partes do país, sendo que dois destes desenhos foram produzidos por alunos de Montes Claros (Sarah e Mauro Xavier).

Co-autora do capítulo 5 do e-book (página 97): “Vamos falar sobre Diagnóstico”, elaborado em parceria com a própria Fabiana Brandão, Adriane Torquati e Caroline Pereira, a professora Alessandra Ericsson destaca que o livro é de acesso livre para todos os interessados. “Imaginamos que a grande maioria das pessoas ainda tem dúvidas sobre o Novo Coronavírus e a pandemia que ele causou”, revela Alessandra.

O material organizado pela professora da Unimontes apresenta uma linguagem simplificada sobre as metodologias de triagem e de diagnósticos (com gráficos e imagens), introdução sobre a Biologia Molecular, histórico milenar sobre o que é diagnóstico e suas evoluções, tipos de testes para a identificação do Coronavírus (Sars-CoV-2), incubação da doença, rastreamento do vírus, situação de pessoas assintomáticas, dentre outros pontos.

Em breve, a partir de entendimentos com a vice-reitora Ilva Ruas de Abreu, a Unimontes na condição de parceira oficial do projeto apresentará uma proposta ao Governo de Minas Gerais para que o e-book seja disponibilizado, como projeto-piloto, para os alunos das escolas públicas situadas em Montes Claros. Alguns colégios particulares também poderão participar.