Empréstimo Consignado para aposentados, pensionistas do INSS

Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

Homem é condenado por estupro após furar camisinha antes do sexo

Homem é condenado por estupro após furar camisinha antes do sexo

Um homem, de 47 anos, foi condenado, a quatro anos de prisão por estupro após ter furado a camisinha antes de ter uma relação sexual com sua parceira, em Worcester, no Reino Unido.

Corte de Worcester, no Reino Unido
Corte de Worcester, no Reino Unido Foto: Reprodução/Google

 

A vítima denunciou maquinista Andrew Lewis em março de 2018. Ao trocar o lixo, a mulher encontrou o preservativo furado e descobriu alfinetes e mais camisinhas danificadas na mesa de cabeceira do companheiro.

Num primeiro momento, o maquinista negou as acusações, mas acabou admitindo a infração posteriormente. A defesa do réu argumentou que ele acreditava que essa era uma forma de “melhorar a intimidade” durante a relação sexual.

Durante o julgamento, o juiz Nicholas Cole disse que o acusado teve sorte de não ter engravidado a vítima, o que lhe renderia uma pena ainda maior. Em sua fala, o magistrado destacou que a mulher deixou claro que não queria ser mãe e só consentiu com a relação após Lewis concordar em usar a camisinha, o que estabeleceu uma quebra de confiança.

Quer saber as notícias do Jornal Montes Claros em primeira mão? Siga-nos no Facebook @jornamoc, Twitter @jornalmoc e Instagram @jornalmoc.