Últimas Notícias

Montes Claros – PM prende mulher que tentou se passar por mãe uma recém-nascida em hospital de Montes Claros

Montes Claros – PM prende mulher que tentou se passar por mãe uma recém-nascida em hospital de Montes Claros

Montes Claros – Por volta das 15h40min dessa segunda-feira (14), a Polícia Militar foi acionada e compareceu em um hospital na Rua Plínio Ribeiro, bairro Amazonas. No local, uma médica informou aos policiais que uma mulher de 33 anos tentou ludibriar a equipe de enfermagem se passando por mãe de uma bebê recém-nascida que se encontrava internada naquele hospital.

Montes Claros - PM prende mulher que tentou se passar por mãe uma recém-nascida em hospital de Montes Claros
Montes Claros – PM prende mulher que tentou se passar por mãe uma recém-nascida em hospital de Montes Claros

 

Segundo a médica, diante da desconfiança, pediu à suposta mãe para analisar como estaria a sua cicatriz cirúrgica, tendo em vista que a bebê era advinda de um parto cesariano.

Ao analisar o abdômen da mulher, a médica constatou que não se tratava de uma cicatriz cirúrgica, e sim algumas arranhaduras no abdômen inferior.

Na presença da equipe policial, a suspeita confessou que realmente não era a mãe da bebê e que a pessoa que teria internado e dado a luz à criança (verdadeira mãe), teria usado a sua documentação, uma vez que ela (verdadeira mãe) não queria registrar o bebê e nem e assumir a criança.

A suspeita confessou aos policiais que o seu esposo teve um relacionamento extraconjugal com uma mulher há alguns meses na cidade de Manaus/AM, vindo tal mulher a ficar grávida.

Relatou ainda que ao saber que o esposo teria engravidado uma outra mulher, logo tratou de fazer contato ela na cidade de Manaus e, juntamente com o seu esposo, planejou toda a ação delituosa, desde o embarque da mulher grávida até Montes Claros, o seu encaminhamento para o hospital, a entrega dos seus documentos para serem usados pela gestante no hospital, e posteriormente o seu retorno à cidade de Manaus após o parto, que, segundo a suspeita, teria acontecido no último dia 07 de dezembro, quando a verdadeira mãe da criança embarcou em um voo de volta para a sua cidade de origem.

A bebê recém nascida necessitou de atendimento médico prolongado, por isso ainda permanece internada no hospital.

A suspeita informou ainda que não sabe mais informações sobre a verdadeira mãe da bebê, tendo informado a equipe policial somente o primeiro nome dela.

A suspeita foi presa e conduzida até a delegacia. O celular dela foi apreendido.

O esposo da suspeita, até o fechamento do boletim de ocorrência, não havia sido localizado para prestar mais esclarecimentos.