Últimas Notícias

Montes Claros – Sebrae Minas dá dicas para quem deseja começar bem o seu negócio em 2021

Montes Claros – Sebrae Minas dá dicas para quem deseja começar bem o seu negócio em 2021

Montes Claros – Ano novo, negócio novo. Esse é o sentimento de muitas pessoas que sonham em empreender e aproveitam o começo de um novo ciclo para tirar a ideia do papel. Mesmo com a pandemia da Covid-19, a expectativa é que muitas novas micro e pequenas empresas possam surgir em 2021, tendo em vista que o empreendedorismo é uma das alternativas de fonte de trabalho e renda em momentos de crise. 

Montes Claros - Sebrae Minas dá dicas para quem deseja começar bem o seu negócio em 2021
Montes Claros – Sebrae Minas dá dicas para quem deseja começar bem o seu negócio em 2021 Foto: Sebrae Moc

 

Mas, abrir um negócio, especialmente em um período de incertezas como o que o mundo atravessa, exige uma série de medidas bem pensadas e planejadas, como explica o consultor de marketing do Sebrae Minas, Mateus Martins. “Apesar das dificuldades, o ano chega com o sentimento de muita esperança. A possibilidade da vacina ajuda a aquecer o mercado, mas, ainda assim, quem pretende abrir um negócio deve ter cautela e redobrar os cuidados”, aconselha o consultor.

Além desse alerta, Mateus Martins reuniu cinco dicas importantes e necessárias para quem pretende entrar para o mundo dos negócios.

1 – Pesquise o mercado em que deseja atuar 

Alguns setores foram muito afetados durante a pandemia. Por isso, é fundamental ter todas as informações sobre o mercado em que irá. Esses dados são importantes para tomar a melhor decisão. Após ter certeza do setor que irá atuar, crie um plano de negócio com planejamento e estratégias definidas.

 2 – Reserva Financeira  

Mesmo com boas expectativas e muita esperança para o ano que começa, um dos grandes aprendizados de 2020 é que o futuro é incerto e precisamos sempre nos precaver. Para empreender, é preciso ter uma reserva de capital, a fim de manter as despesas pessoais e da empresa por pelo menos três meses. Esse “colchão financeiro” dará mais tranquilidade para focar no crescimento da empresa, sem preocupações com dívidas urgentes.

3 – O mundo está on-line 

Pense em estratégias para garantir que o seu negócio tenha uma forte presença digital. As pessoas dão preferência às empresas que atendem pela internet e pelas redes sociais. Portanto, ao planejar um negócio, tenha em mente a necessidade de um trabalho on-line bem desenvolvido.

4 – Estudo constante 

Nunca pare de estudar sobre a área de atuação escolhida e busque mentores nos principais setores da sua empresa (pessoas, inovação, marketing, vendas, finanças). Este novo momento pós-pandemia não dará espaço para práticas amadoras no mercado. Se capacite!

5 – Valorize quem sempre esteve com você 

Durante a pandemia, uma das principais reclamações dos clientes foi a solidão. As empresas que humanizarem e individualizarem o atendimento irão se destacar. Lembre-se do quanto os clientes fizeram falta durante o isolamento social. Portanto, não tenha apenas uma relação comercial, mas de amizade.

400 ideias de negócio para começar o ano 

Para apoiar os potenciais empresários que planejam abrir um negócio em 2021, o Sebrae disponibiliza mais de 400 ideias de negócios, com conteúdo voltado para quem planeja abrir uma micro ou pequena empresa ou se tornar um microempreendedor individual (MEI).  Em 2020, o canal Ideia de Negócios,  do Portal Sebrae, foi uma das sessões mais visitadas.

O Sebrae identificou os 26 negócios mais pesquisados na página. Entre eles destacam-se: distribuidora de bebidas, pet shop, escritório de consultoria, frete e transporte de pequenas cargas, loja de produtos naturais, centro de estética, loja de cosméticos e perfumaria, hamburgueria, produção de alimentos congelados, padaria e fornecedor de refeições em marmita.  Nesses conteúdos especiais, o futuro empreendedor facilmente pode encontrar diversas informações organizadas por tópicos como: visão geral do mercado, estrutura necessária, dicas, investimentos e custos, equipamentos, pessoal, exigências legais e específicas, localização, entre outras.