Inicio » Colunistas » Adilson Cardoso (página 5)

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Bolinhas de gude cintilam no céu ( A Julio Galinheiro)

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Bolinhas de gude cintilam no céu ( A Julio Galinheiro) Galinheiro  um homem Para alguns  um doido Para outros,  Julio Ele pouco se lixava, Julio, homem, doido, se foda!  Menos Galinheiro Queria contar suas estórias para ele mesmo Falar sozinho interagindo com as suas  Quimeras Ordenava que  a caneca não tilintasse Que as garrafas soltas não se tocassem,  Que  buzinas dos  carros  se …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – O menino e o sonho

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – O menino e o sonho Magricela, olhar  apático e pele escura, pés descalços e  ingenuidade de criança. A idade ninguém sabia, talvez nem  tinha escrito  em  papel, muitos desses perambulam sem  registros. Entrou  na Padaria requintada de clientes nobres. —  Moça, me dá um sonho? A atendente ignorou,  mudando a direção do olhar. — Moça a senhora   pode me  dar  um sonho? Incomodada se aproximou  furiosa. — Pague no …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Coisas banais

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Coisas banais Charlene pisava forte na escada, bufava, demonstrando  cansaço, era o ultimo degrau para o terceiro andar. Colocou a mão no peito e olhou para baixo, as  sacolas plásticas dependuradas nas mãos pareciam  ter dobrado de  peso. — Ladrão miserável! A gente paga tanto pra ter que ficar subindo a pé! Ô inferno! Coloque um elevador nessa droga! …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Segredos de Manicure

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Segredos de Manicure — Você é casada? – Perguntou a manicure para a cliente. — Sim, sou! Sete anos embaixo do mesmo teto – Falou a cliente esticando a mão direita. — Nossa, já tenho quase isso! – Exclamou a manicure. — Você é feliz? — Muito! Meu marido é um cara exemplar, não bebe, …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – O nome de quê?

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – O nome de quê? Pablo estava sentado em frente ao computador. Tinha trinta minutos para justificar a sua admissão, era uma Empresa de Cosméticos. Desempregado há dois anos recebia a primeira oportunidade após sair da cadeia por porte de drogas. Mas o branco era terrível na mente,  Bocejava, soletrava uma palavra em inglês que estava do …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – O conto seguinte

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – O conto seguinte Gemidos ecoavam das fendas que se  abriram  no chão da cozinha.  Pelas rachaduras do teto  era possível ver a  lua cheia se apagando no céu. Pessoas já falecidas faziam o jogo dos copos, chamavam  espíritos na mesa do café. Guido seu  amigo assassinado há poucos dias,  tinha um buraco na cabeça  onde se expunham  miiases, ele batia palmas com uma mão sem …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Aos Cuidados de Márcia

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Aos Cuidados de Márcia Nem sempre saímos de casa com o humor que a luz do dia merece, também não é sempre  que um envelope endereçado a Márcia cai em nossas mãos. Num  desses dias  passei na loja de piratarias do shopping popular, estava em busca de “A pele que habito” do Pedro Almodovar. No interior  sentei-me confortável para …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – 13ª Mostra de Cinema de Ouro Preto

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – 13ª Mostra de Cinema de Ouro Preto Vanguarda tropical: cinema e outras artes” é o foco da Temática Histórica da 13a CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto. De 13 a 18 de junho, na cidade mineira,  cinéfilos, pesquisadores e visitantes poderão conferir a exibição de filmes marcados pelo trânsito entre manifestações artísticas e as influências …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Estrada 11

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Estrada 11 Bom dia, gravando! Fila para mim sempre foi sinônimo de tédio, hoje especialmente, por estar a vários dias longe de casa. Estou no Posto Caititu, um nome de letras sombreadas na placa e nada de extraordinário a vista. Estou querendo tomar um conhaque, mas um policial de bigode retorcido, escorado numa viatura enlameada, a …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – O mundo passa do outro lado da praça

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – O mundo passa do outro lado da praça Todos os dias, abro o computador para olhar na internet as fotos antigas e atuais das atrizes. Gosto de ver como eram e como estão agora, Olivia Newton Jhon está com 69 anos, a página que eu abri a mostrava  novinha, época do filme  Grease nos tempos da brilhantina, …

Leia Mais »