Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Caso Petrobras – Ex-diretor da Petrobras afirma que Refinaria de Abreu e Lima foi aprovada sem projeto

Apesar dos indícios de superfaturamento nas obras da refinaria Abreu e Lima, considerada a mais cara da Petrobras, o ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa, 60 anos, contou que a estatal lançou a refinaria sem ter um projeto definido e fazendo uma “conta de padeiro” para estimar o custo inicial. A entrevista foi dada ao jornal Folha de S. Paulo, após o diretor ser libertado, depois de passar 59 dias preso.

Caso Petrobras - Ex-diretor da Petrobras afirma que Refinaria de Abreu e Lima foi aprovada sem projeto
Caso Petrobras – Ex-diretor da Petrobras afirma que Refinaria de Abreu e Lima foi aprovada sem projeto

O ex-diretor está sendo investigado por suspeita de corrupção e envolvimento com um esquema bilionário de lavagem de dinheiro. Inicialmente, a refinaria tinha custo estimado em R$ 5,6 bilhões. Mas até ficar pronta, em 2015, a cifra deve atingir R$ 41, 5 bilhões.

Costa defende que não houve superfaturamento, mas erros de percurso da Petrobras. “A Petrobras pegou uma refinaria do golfo do México e falou: quanto custa o preço do barril para construir uma refinaria lá? Custa US$ 15 mil. Se fosse esse valor por bairro, e Abreu e Lima produzisse 200 mil barris, a obra ficaria em US$ 3 bilhões. Essa é uma conta de padeiro. As condições aqui [no Brasil] são muito diferentes das do golfo do México. A Petrobras errou. Divulgou o vlor sem saber quanto a refinaria iria custar, sem ter um projeto”.

Leia a entrevista completa aqui.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)