Inicio » Economia » MG – Lago de Furnas fecha junho com recorde negativo

MG – Lago de Furnas fecha junho com recorde negativo

O Lago de Furnas, no Sul de Minas Gerais, está fechando o mês de junho com 10 metros abaixo do normal, marca que somente foi atingida 13 anos atrás – ainda em 2001, ano que ficou marcado pelo chamado “apagão”. A situação da represa é sentida no turismo, agricultura, comércio, piscicultura e outros serviços.

MG - Lago de Furnas fecha junho com recorde negativo
MG – Lago de Furnas fecha junho com recorde negativo

As usinas, que necessitam da água para a geração de energia, também acabam prejudicadas. Das quatro localizadas no Rio Grande Marimbondo já opera com 20,2% da capacidade, enquanto a Usina de Água Vermelha está funcionando com apenas 16% de sua capacidade, segundo o ONS (Operador Nacional do Sistema).

A situação é preocupante quando se leva em conta que a pior parte da seca ainda nem começou, devendo chover quase nada na região nos próximos meses. Em junho de 2013 o lago estava seis metros acima do registrado agora e, ainda assim, foi considerado um ano extremamente seco.

O secretário executivo da Alago (Associação dos Municípios do Lago de Furnas), Fausto Costa, diz que o prejuízo é enorme para toda a região. Segundo ele, sempre se espera que as chuvas do início de ano encham o lago, mas isso não aconteceu neste primeiro semestre.

Sem contar as usinas do Rio Grande, outras oito hidrelétricas também se utilizam diretamente das águas do lago que está cada vez mais escasso. Ele é útil ainda aos 34 municípios localizados às suas margens em Minas Gerais. Por isso mesmo, disputas têm sido constantes entre usinas, governo federal e prefeituras

Fonte: Agência Estado

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaços abaixo são destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail valido).