Publicidade FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  

PUBLICIDADE

COPASA - MONTES CLAROS
Inicio » Internacional » África » África – Mortes por epidemia de ebola chegam a 2.811 na África Ocidental

África – Mortes por epidemia de ebola chegam a 2.811 na África Ocidental

A epidemia de Ebola deixou 2.811 mortos na África Ocidental, de 5.864 casos, indica o último registro da Organização Mundial de Saúde (OMS), apresentado em 18 de setembro e atualizado nesta segunda-feira (22).

A OMS vem monitorando o número de casos de ebola desde o início da epidemia.
A OMS vem monitorando o número de casos de ebola desde o início da epidemia.

O registro anterior, de 14 de setembro, apontou 2.630 mortes, de 5.357 casos. A Libéria, país mais afetado, registrou 1.578 mortos em 3.022 casos, segundo a OMS em seu documento. Nos outros dois países assolados, houve 632 mortes na Guiné, de 1.008 casos, e 593 mortes em Serra Leoa em 1.813 casos.  “De uma forma geral, a doença no Senegal e na Nigéria está sob controle”, considera a OMS.

Na Nigéria, foram contabilizadas oito mortes em 20 casos. O último caso foi registrado no dia 8 de setembro.No Senegal, apenas um caso foi registrado, o de um estudante guineano que teve a cura anunciada pelas autoridades senegalesas em 10 de setembro.

Não existe vacina ou tratamento específico homologado para a febre hemorrágica Ebola. A epidemia atual, declarada no início do ano na Guiné, é a mais grave desde a identificação do vírus em 1976.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas considerou em 18 de setembro que esta epidemia é uma “ameaça à paz e à segurança internacionais”.

A OMS reafirmou nesta segunda que o mundo enfrenta uma emergência de saúde pública.

Leia Também

Atacante voltou a ficar devendo melhor atuação contra a Costa Rica, não rendeu o esperado e mostrou nervosismo com rivais e arbitragem

No sufoco, Neymar supera irritação, marca nos acréscimos, chora e leva o Brasil a vitória

* Por: Jornal Montes Claros - 22 de junho de 2018. No sufoco, Neymar supera …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).