Inicio » Internacional » Europa » Papa Francisco envia rosa de ouro para os 300 anos de Nossa Senhora de Aparecida

Papa Francisco envia rosa de ouro para os 300 anos de Nossa Senhora de Aparecida

Papa Francisco envia rosa de ouro para os 300 anos de Nossa Senhora de Aparecida

O papa Francisco enviou nessa segunda-feira (9) uma rosa de ouro para o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo. O mimo foi trazido do Vaticano pelo cardeal italiano Giovanni Battista Re, prefeito emérito da Congregação para os Bispos, que será o representante do pontífice nas festividades do jubileu dos 300 anos de devoção à Padroeira do Brasil.

Papa francisco envia rosa de ouro para os 300 anos de Nossa Senhora de Aparecida
Papa francisco envia rosa de ouro para os 300 anos de Nossa Senhora de Aparecida

 

Ao desembarcar no Brasil, pela manhã, dom Giovanni Battista Re foi recepcionado pelo Arcebispo de Aparecida, dom Orlando Brandes, pelo Arcebispo de São Paulo, cardeal dom Odilo Scherer, e pelo reitor do Santuário, padre João Batista de Almeida.

No santuário, ficou algum tempo à frente do nicho onde está guardada a imagem de Aparecida. “Com grande alegria estou retornando a Aparecida. Já estive aqui por ocasião da V Conferência do Episcopado Latino Americano. O que mais me impressionou foi a grande quantidade de peregrinos que vêm ao Santuário. Retorno com particular alegria, pois vou representar o papa Francisco”, disse.

O Santo Padre que envia uma rosa de ouro como símbolo de seu amor a Nossa Senhora, assim como seu afeto ao povo brasileiro”, afirmou o cardeal italiano. Essa é a terceira vez que o santuário de Aparecida é presenteado com uma rosa de ouro por um papa.

O primeiro a fazer o gesto foi Paulo VI, em 1967. Quarenta anos depois, em 2007, foi a vez de Bento XVI enviar o presente. Curiosamente, a primeira entrega aconteceu também por meio de um enviado pontifício, na celebração dos 250 anos do encontro da Imagem da Padroeira do Brasil. Já o papa Ratzinger entregou o presente pessoalmente durante sua visita ao Santuário Nacional.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaços abaixo são destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail valido).