FENICS 2019 - ACI

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google

Inicio » Política » Gilmar Mendes é hostilizado durante passeio em Lisboa; veja vídeo

Gilmar Mendes é hostilizado durante passeio em Lisboa; veja vídeo

Gilmar Mendes é hostilizado durante passeio em Lisboa; veja vídeo

Em vídeo que circula pelas redes sociais, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, aparece sendo hostilizado por duas mulheres enquanto passeia por Lisboa, capital de Portugal. 
Gilmar Mendes é hostilizado durante passeio em Lisboa; veja vídeo
Gilmar Mendes é hostilizado durante passeio em Lisboa; veja vídeo

 

Nas imagens, o ministro aparece sozinho em a um restaurante enquanto é hostilizado pela dupla. “O senhor é de uma injustiça imensurável. Inclusive, o senhor deve estar querendo se disfarçar aqui, andando como um comum dos mortais, coisa que não é”, afirma uma das mulheres, enquanto a outra filma. “O senhor não tem vergonha do que faz pelo país?”, indaga, para depois concluir, “Que Deus te leve pro inferno”.

Durante toda a cena, Gilmar Mendes reage apenas com sorriso irônico enquanto caminha, seguido pelas mulheres. “Ai, meu Deus do céu”, diz, sem graça, no final da gravação.
Gilmar Mendes tem se notabilizado há alguns anos como o ministro mais polêmico do STF. Pivô de discussões acaloradas no plenário da Corte, o magistrado também chama a atenção por conta de decisões inesperadas, como habeas corpus a políticos e empresários presos por condenações de corrupção.
Confira o vídeo:

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *