Semana Global do Empreendedorismo - CLIQUE AQUI

Últimas Notícias
Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Mais Seções » Tecnologia » Novo aplicativo de voz promete entreter crianças entediadas

Novo aplicativo de voz promete entreter crianças entediadas

Novo aplicativo de voz promete entreter crianças entediadas

Um novo aparelho chega ao mercado com a promessa de entreter as crianças que se sentirem entediadas. O brinquedo – que é a junção do alto-falante controlado por voz Echo Dot com o aplicativo digital Alexa – conta piadas de acordo com o humor dos pequenos e ainda pode ensiná-los boas maneiras. 

O Alexa será lançado pela Amazon no próximo dia 9, mas ainda não tem previsão para chegar ao Brasil
O Alexa será lançado pela Amazon no próximo dia 9, mas ainda não tem previsão para chegar ao Brasil

 

Cada aparelho vai custar a bagatela de US$ 80 (cerca de R$ 278). O lançamento acontece no dia 9 de maio, pela Amazon, uma empresa de Jeff Bezos, considerado o homem mais rico do mundo.

Quando se sentirem entediadas, as crianças podem apenas dizer “Alexa, estou entediado”, que o brinquedo dá uma sugestão de acordo com cada idade, como cantar uma música ou ouvir uma piada.

O aparelho ainda vem com o “FreeTime on Alexa”, que permite aos pais desligar a compra por voz, filtrar músicas com palavrões que seus filhos possam transmitir e estabelecer limites de tempo para impedir que elas interajam com o dispositivo em horários inadequados.

O crescimento da tecnologia durante a infância deve acender o alerta de pais e responsáveis, afirma a psicóloga Renata Franco. “A tecnologia contribuiu radicalmente para a mudança no comportamento infantil. O que se vê hoje é uma legião de crianças isoladas em seus ‘mundinhos’, entretidas com aplicativos eletrônicos e desinteressadas pelas coisas reais”, afirma.

A também psicóloga Bianca Castro explica quais são os principais impactos. “Tem havido aumento grande do egoísmo e declínio da empatia entre os mais jovens. Embora não possamos atribuir uma relação direta com a tecnologia, é nítido que o surgimento de novas mídias e o maior alcance junto à cultura popular trouxeram prejuízos”, expõe.

Renata aponta que deve haver limites sempre. A criança precisa saber que existem regras e horários para uso. Não leve à mão da criança cada tecnologia nova lançada”, diz.Em nota, a Amazon afirmou que “experiências de voz são importantes para conectar crianças e famílias”, bem como “quanto mais usarem, mais espertas as crianças ficarão”.

Alerta. “Quando a criança está  entretida com a tecnologia, ela não quer saber o que acontece a seu redor. Se ela não desenvolve a relação interpessoal, pode se tornar um indivíduo inseguro e despreparado para enfrentar pressões e situações adversas”, afirma Bianca Castro.

App também ensina boas maneiras

Além do entretenimento, o Alexa está programado para ensinar boas maneiras às crianças. Por exemplo, quando uma delas pedir ajuda para resolver um problema de matemática exibindo boas maneiras – “Alexa, por favor, me diga quanto é cinco mais sete” –, a voz dentro do Echo Dot não apenas fornecerá a resposta certa, mas adicionará um reforço positivo: “a propósito, obrigada por perguntar com educação”.

A empresa tem usado a tecnologia Alexa e os alto-falantes Echo para aprofundar seu alcance nas residências dos clientes o mais cedo possível. Os dispositivos também podem ser usados para definir alarmes, termostatos e luzes ofuscadas via comando de voz, bem como fazer compras.

A multinacional americana disse, em comunicado à imprensa, que não há previsão de lançamento no país e nem de versões em português.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *