Vaga no Bolso

Inicio » Política » Avança na Câmara Projeto do deputado Zé Silva que restringe à importação de leite

Avança na Câmara Projeto do deputado Zé Silva que restringe à importação de leite

A Comissão de Agricultura, aprovou o Projeto de Lei 9044/17 de autoria dos deputado Zé Silva (Solidariedade), Evair de Melo (ES) e Sérgio Souza (PR), que estabelece a obrigatoriedade de adoção de medidas de restrição às importações de leite in natura, leite em pó e soro do leite em pó, alterando dispositivos da Lei no 12.651.O parecer do deputado Celso Maldaner (MDB-SC),foi aprovado por unanimidade.

Avança na Câmara Projeto do deputado Zé Silva que restringe à importação  de leite

 

O Código Florestal (Lei 12.651/12) autoriza a imposição de sanções à importação de bens agropecuários cuja produção seja incompatível com a lei ambiental brasileira.“Uma de nossas bandeiras, com o trabalho parlamentar é contribuir, sobretudo, no âmbito da legislação agroindustrial, para que a agricultura familiar tenha reais condições de avançar e ocupar mais celeremente as diversas etapas da cadeia produtiva de alimentos”, explica Zé Silva

Tramitação – A proposta já foi aprovada pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços e ainda será votada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. O texto tramita em caráter conclusivo.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *