NordVPN - A melhor oferta de VPN

Vaga no Bolso

Inicio » Nacional » Comissão Externa coordenada pelo deputado Zé Silva visita barragens no Pará

Comissão Externa coordenada pelo deputado Zé Silva visita barragens no Pará

Comissão Externa coordenada pelo deputado Zé Silva visita barragens no Pará

A Comissão Externa que investiga as barragens no Brasil em especial a tragédia de Brumadinho, coordenada pelo deputado Zé Silva na Câmara dos Deputados, esteve no Pará, já que o estado é o segundo com maior em número de barragens de minério com alto dano potencial, perdendo somente para o estado de Minas Gerais.

Comissão Externa coordenada pelo deputado Zé Silva visita barragens no Pará
Comissão Externa coordenada pelo deputado Zé Silva visita barragens no Pará

“Averiguamos a situação das barragens de Água Fria e A1.A empresa possui a maior mina de bauxita do país e a terceira maior do mundo”, Zé Silva

A empresa Mineração Rio Norte, em Porto Trombetas, localizada no distrito de Oriximiná, administra cerca de 25 tanques de rejeitos.

“É indispensável garantir os métodos mais modernos para a prática de mineração no pais, sem risco para os seres humanos e meio ambiente”, explica o coordenador da missão

O parlamentar afirma que o Brasil precisa de uma Lei que não permita que crimes ocorridos em Minas Gerais, aconteçam em outras regiões do país,mineração responsável e sustentável.

Comunidade – Moradores do Quilombo Boa Vista e das comunidades ribeirinhas Boa Nova e Saracá, em Oriximiná, situados a jusante das barragens da MRN, entegaram as demandas das comunidades que temem o futuro no caso de um rompimento.Segundo os moradores o Ibama ja elaborou laudos; onde apontam que especificamente quando o Rio esta cheio a riscos de contaminação por rejeitos da mineração.

As visitas foram solicitadas pelo deputado Júnior Ferrari (PSD-PA),membro da Comissão e representante do Estado.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não ás pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *