SMART FIT - MONTES CLAROS

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Minas Gerais » Centro de Minas » MG – CPI de Brumadinho realiza diligência em Barão de Cocais

MG – CPI de Brumadinho realiza diligência em Barão de Cocais

MG – CPI de Brumadinho realiza diligência em Barão de Cocais

MG – A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Brumadinho em Barão de Cocais, os parlamentares tiveram a oportunidade de ouvir as principais demandas das comunidades que vivem sob ameaça do rompimento da barragem da Vale – que se romper atingirá três municípios: Barão de Cocais, Santa Bárbara e São Gonçalo do Rio Abaixo.

MG - CPI de Brumadinho realiza diligência em Barão de Cocais
MG – CPI de Brumadinho realiza diligência em Barão de Cocais

 

Segundo informações dos moradores a empresa Vale tem a “intenção” de minerar o local após evacuada a área. Consideramos grave a denuncia que será investigada pela Comissão durante a realização dos trabalhos na Câmara dos Deputados. “Além de estar querendo entupir com lama, Socorro, Piteiras e Tabuleiro, a Vale vai bloquear a principal via de acesso aos povoados de André do Mato Dentro e Peixoto, tudo indica, que a Vale não quer ninguém passando perto de suas minas”, disse o porta – voz dos moradores de Cocais, Carlos Leal

Os moradores solicitam que a barreira de contenção seja construída acima da Comunidade de Socorro, com objetivo de protegê-la por ser a principal comunidade da cidade de Barão de Cocais, com 346 anos.

“Senhores deputados, em nome dos evacuados de Socorro, Vila do Gongo, Piteiras e Tabuleiro, pedimos que esta egrégia CPI, impetre no Poder Judiciário, ações que proíba a Vale de impedir o nosso direito de ir vir, que obrigue a nos Vale a Pagar a RENDA MÍNIMA, que obrigue a Vale a apresentar laudo sobre o nível de segurança da Barragem Sul Superior (porque não existe laudo), que obrigue a Vale a pagar os honorários dos nossos advogados sem teto limite, que obrigue a Vale a considerar a declaração de posse como válida para caso de indenização ou negociação, que obrigue a Vale a pagar o lucro cessante para aqueles que perderam suas fontes de renda, inclusive apicultores, comerciantes, produtores rurais, artesãos e outros”, morador de Cocais, Carlos Leal

A CPI foi instalada para apurar o rompimento da barragem de Brumadinho – que matou 243 pessoas, portanto os trabalhos foram ampliados diante da ameaça do rompimento de outras barragens no Estado de Minas Gerais.

Aviso

  • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *