SMART FIT - MONTES CLAROS

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Evento discute as diversas conexões da arquitetura e urbanismo

Montes Claros – Evento discute as diversas conexões da arquitetura e urbanismo

Montes Claros – Evento discute as diversas conexões da arquitetura e urbanismo

Montes Claros – Dentre elas, as transformações e influências dos profissionais da área ao longo dos anos. Auxiliar na promoção do desenvolvimento regional. Este é um dos objetivos do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade Santo Agostinho de Montes Claros, a Fasa Moc, com 15 anos de tradição, sendo o pioneiro do Norte de Minas. São mais de 600 profissionais atuantes no mercado, influenciando diretamente nas transformações das cidades, especialmente do interior.

Residência Geraldo Ruas Abreu que foi adaptada para abrigar um Cartório, Centro de Montes Claros Créditos: Acervo Dayodara Rebelo
Residência Geraldo Ruas Abreu que foi adaptada para abrigar um Cartório, Centro de Montes Claros – Créditos: Acervo Dayodara Rebelo

 

Segundo a coordenadora do curso Chiara Lima, a maioria dos novos profissionais terminam a graduação em Montes Claros e retornam para a cidade de origem o que está profissionalizando o setor. “Nós recebemos alunos de todo Norte de Minas. A maioria se forma e volta para a terra natal, influenciando diretamente na arquitetura das cidades, atuando inclusive no meio urbano e paisagístico. É uma forma de promover o desenvolvimento regional”, destacou.

Para debater as conexões e transformações promovidas pela profissão, ao longo dos anos, a Fasa Moc promove a XIV Semana de Arquitetura e Urbanismo, de 16 a 20 de setembro, no Teatro Santo Agostinho em Montes Claros. Na programação palestras, mini cursos e maratonas acadêmicas. Entre os destaques está Sylvio de Podestá, Arquiteto e Urbanista mineiro referência, que se destaca pela sua obra na década de 80, marcada pelo Pós-Modernismo.

Fazendo referência à cidade de Montes Claros, a professora Dayodara Rebelo, destaca a evolução da arquitetura em 1960 quando inicia-se o Modernismo no Brasil. “Este período foi até os anos 80 e podemos destacar o arquiteto Antônio Augusto Barbosa, com uma produção significativa em todo norte de Minas, cerca de 100 edificações catalogadas. Muitas já foram demolidas, outras estão em uso, e algumas foram adaptadas para um novo uso. É caso de alguns prédios comerciais, no centro da cidade que mantiveram a estrutura física e uma outra funcionalidade”, explica.

Serviço
O que: XIV Semana da Arquitetura e Urbanismo da Fasa Montes Claros
Quando: De 16 a 20 de setembro
Onde: Faculdade Santo Agostinho de Montes Claros
Inscrições bit.ly/arqeurbfasa

Aviso

  • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *