SMART FIT - MONTES CLAROS

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Minas Gerais » MG – TJMG inicia cadastro para doação de medula óssea

MG – TJMG inicia cadastro para doação de medula óssea

MG – TJMG inicia cadastro para doação de medula óssea

MG – “Meu sangue pode salvar uma vida. Fico feliz em ajudar alguém, ainda que não a conheça.”  Assim se manifestou a auxiliar de produção Alessandra Rodrigues da Silva, que foi a primeira pessoa a participar da campanha do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) para preenchimento do cadastro nacional de doadores de medula óssea nesta segunda-feira, 16 de setembro.

MG - TJMG inicia cadastro para doação de medula óssea
MG – TJMG inicia cadastro para doação de medula óssea

 

A iniciativa é realizada em parceria com a Fundação Hemominas e, só na capital, na primeira etapa, já conseguiu atrair 110 pessoas, dispostas a contribuir, em caso de compatibilidade, para pacientes que tenham necessidade.

Os interessados puderam se apresentar nos postos de atendimentos instalados no saguão do Edificío Sede do TJMG (Avenida Afonso Pena, 4.001, Serra) e no Fórum de Betim (Rua Professor Osvaldo Franco, 55, Centro), que atenderão nesta segunda, até as 15h e 16h, respectivamente.

Na terça-feira, 17, a coleta será no Fórum Raja (Avenida Raja Gabaglia, 1.753).

Em 18 de setembro, a ação acontece em três comarcas. No Fórum de Contagem (Avenida Maria da Glória Rocha, 425, II Salão do Júri), será realizada das 12h às 16h; no Fórum de Uberaba (Avenida Maranhão, 1.580, 4º andar – Bairro Mercês), das 10h às 16h; e no Fórum de Ituiutaba (Avenida 09-A, 45, Salão do Júri), das 12h às 18h.

O estande da Hemominas estará no Fórum de Poços de Caldas (Rua Pernambuco, 707, Salão do Júri), das 11h às 17h, em 19 de setembro.

Horizontal

O presidente do TJMG, desembargador Nelson Missias de Morais, ao abrir oficialmente a campanha, ressaltou a importância da iniciativa, que aponta para o estímulo à solidariedade da população mineira.

“A caridade vem de cima para baixo e é vertical. A solidariedade é horizontal e iguala as pessoas. Temos que valorizar a iniciativa de pessoas estenderem as mãos a quem necessita de medula óssea para salvar uma vida”, disse o presidente.

Já o presidente da Comissão de Saúde do TJMG, desembargador Newton Teixeira, destacou o fato de o Tribunal não só se preocupar em movimentar autos de processos, mas abrir espaço para campanhas em prol da sociedade.

Doe vida em vida

Para integrar o cadastro de doadores, é preciso ter entre 18 e 55 anos de idade e boa saúde. É necessário apresentar um documento de identidade com foto e o CEP residencial.

Posteriormente, depois de confirmada a compatibilidade entre doador e paciente, haverá uma consulta ao interessado se permanece a decisão de doar.

Os riscos para os doadores são praticamente inexistentes. Apenas 10% da medula óssea é retirada e, dentro de poucas semanas, a quantidade de medula doada será recomposta pelo organismo.

Mais informações sobre doação de medula óssea no site do Redome — Instituto Nacional do Câncer.

Aviso

  • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *