SMART FIT - MONTES CLAROS

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Colunistas » Edson Andrade » Coluna do Edson Andrade – A cura de todo Câncer

Coluna do Edson Andrade – A cura de todo Câncer

Coluna do Edson Andrade – A cura de todo Câncer

As redes sociais estão substituindo receitas médicas e a expertise de profissionais médicos em todo o país. E são responsáveis por uma mudança de comportamento sem precedentes. Que se cuidem os laboratórios!

A propósito, um anúncio em inglês, adverte, (algo semelhante): “The labs are not looking for a cure for serious illness and cancer; they are very busy making money.”

Da lavra dos mensageiros de curas milagrosas e das verdadeiras panaceias, “tomar água morna com limão, em jejum, cura gastrites, emagrece e diminui o colesterol”. Outra afirma, peremptoriamente: “água quente de abacaxi, por favor, espalhe! O Professor Chen Huiren, do Hospital Geral do Exército de Pequim: abacaxi quente pode matar células cancerígenas!”

Confesso que estou empenhado na dieta do vinagre de maçã, com água, todas as manhãs. Objetivo: baixar o colesterol, o nível de glicose no sangue, dentre outras maravilhas. Alguém me disse que é “ótimo” e citou exemplos de curas. Para evitar medicamentos da lavra farmacêutica, eis que me aventuro, moderadamente e esperançoso de um envelhecer com saúde.

“Chá de graviola é um santo remédio”, ensinam os áulicos da “medicina natural”. E as ervas se multiplicam tais como sambaibinha, canela de siriema, pacari e outras centenas. Mas, será que possuem, por todos os deuses (!) o poder curativo a elas atribuído? Lembro-me do livro “As Plantas Curam”, edição rica, bem acabada, em policromia. E creio que se sustentam – eles, os garrafeiros milagrosos e bem intencionados e eu na minha ingenuidade e fortemente influenciado pelas ervas curativas de minha saudosa mãe. Mas não foi mesmo a Dona Nenzinha que me fez tomar chá de lagartixa passada no borralho do fogão a lenha? Para curar o quê, mesmo?

Imperioso analisar a chamada em inglês: “os laboratórios não procuram cura para doenças sérias e câncer; eles estão muito ocupados em fazer dinheiro.” E não é verdade? A sabedoria popular já decidiu que a ciência alternativa é um caminho para as curas de todas as doenças, as quais, para nosso espanto, têm protagonizado nossas angústias, não obstantes o progresso científico e a relativa longevidade.

Os anúncios nos transformam em glutões, agentes do pecado capital da gula. As mesmas mídias anunciam o combate ao colesterol ruim alto, guerra contra a glicose superior a 100, com consequência imediata e ameaçadora da pré-diabetes; guerra às gorduras de origem animal, responsáveis pelo surgimento e agravamento das cardiopatias. E não sabemos como nos comportarmos face à pletora multimídia de sabores, imagens e, na contramão, ameaças de doenças graves e incuráveis. Queremos viver muito, com saúde, mas nossa cultura alimentar nos empurra para o cometimento de exageros e, não raro, para a zona de excessos insculpidos no decálogo de Moisés. Urge nos equilibrarmos no comedimento e na compreensão de que, ainda como diria Dona Nenzinha: “tudo demais é sobra!”

O autor é escritor, professor, jornalista, radialista e advogado.

 

Edson Andrade
Edson Andrade

Aviso

  • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *