Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Mais Seções » Tecnologia » Tudo sobre o Mac Pro, o novo computador da Apple que custa 65 mil reais

Tudo sobre o Mac Pro, o novo computador da Apple que custa 65 mil reais

Tudo sobre o Mac Pro, o novo computador da Apple que custa 65 mil reais

Computador mais potente e mais caro da história da Apple chega ao mercado norte-americano.

Tudo sobre o Mac Pro, o novo computador da Apple que custa 65 mil reais

 

O novo Mac Pro, computador de mesa da empresa norte-americana Apple, foi lançado recentemente com um recado muito claro: não é para o usuário comum. A máquina foi pensada para atender às demandas do profissional que utiliza o sistema.

A empresa acompanha as inovações em informática. E uma das maiores inovações e tendências que apontam é a do consumidor final personalizar seus próprios aparelhos. Por isso, uma característica marcante do novo modelo da Apple é a possibilidade de personalização.

A ideia é que cada usuário possa montar o computador de acordo com suas necessidades. O preço dessa personalização pode sair até US$ 65 mil, algo em torno de R$ 267 mil. O aparelho ainda não pode ser encontrado no Brasil, mas a empresa desenvolvedora informa que ele custará a partir de R$ 55.999,00.

O foco de desenvolvimento do computador, como já foi dito, é atender aos profissionais do audiovisual e das engenharias. Para isso, em vez da memória RAM que a maioria dos notebooks apresentam, de até 8 GB, o novo computador da Apple tem entre 32 GB e 1,5 terabytes.

Com isso, a empresa promete um desempenho gráfico quase cinco vezes maior que o do modelo anterior. E, com tanta potência, é esperado que sua torre seja pesada, certo? E ela realmente é. Pesa, em média, 18 kg. Por isso, a Apple também oferece e recomenda a utilização de uma placa com rodas para um melhor deslocamento desse compartimento.

Não de graça, é claro. Quem quiser ter sua torre com a mobilidade das rodinhas deve desembolsar US$ 400 adicionais. Aproximadamente, R$ 1.700 em conversão direta e livre, sem adição de impostos. A torre é envolta numa estrutura de aço inoxidável com design único, bem diferente dos outros modelos da Apple.

Estrutura do computador

Ainda pensando em atender seus clientes que trabalham com produções gráficas, o computador conta com uma estrutura que comporta duas placas aceleradoras, a Mac Pro Expansion.

Mas de nada adianta tanta potência se não pudermos ver com precisão o trabalho executado, não é mesmo? A empresa pensou nisso também e recomenda a aquisição de seu monitor avançado o Pro Display XDR. O monitor novo da Apple tem 32 polegadas e suporta vídeos de até 6K.

Existe a versão padrão e a versão com vidro de nanotextura. Ambas, segundo a empresa, contam com um sistema de refletores que foram geometricamente otimizados. Assim, o sistema controla a luz e obtém o brilho ideal de acordo com a necessidade de cada projeto apresentado.

O suporte do monitor também conta com algumas novidades. O suporte convencional pode ser trocado pelo Pro Stand, uma peça que se ajusta magneticamente e permite que o usuário encontre a altura e o ângulo que o atenda. Além disso, com o Pro Stand, é possível mover o monitor e girá-lo tanto horizontalmente quanto verticalmente.

A tela se adapta ao movimento, como acontece com a maioria dos smartphones. O preço do Pro Stand é de US$ 200 e não deve chegar no Brasil por menos de R$ 1.000.

Valores

Nos Estados Unidos, quem compra a versão mais completa do computador deve desembolsar US$ 65 mil, sem as taxas. Por lá, os impostos variam de estado para estado. Na Califórnia, por exemplo, esse imposto é de 8% do valor da compra. Ou seja, seriam acrescidos mais US$ 5.200 a essa compra. Já no estado do Oregon, o Tax Sales, o imposto sobre a venda, não existe.

No Brasil, ainda não há previsão de chegada do lançamento para venda. Contudo, a Apple informou que quem comprar à vista terá desconto de 10%. Já quem preferir pagar a prazo pode pagar em até 12 vezes sem acréscimos.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *