Casa das Apostas Online Betway

PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINAS

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Mais Seções » Saúde » Pilates ajuda a controlar diabetes tipo 2, diz estudo

Pilates ajuda a controlar diabetes tipo 2, diz estudo

Pilates ajuda a controlar diabetes tipo 2, diz estudo

Um estudo publicado pelo The Journal of Strength & Conditioning Research, com mulheres de idade média acima de 65 anos, revelou que a prática de pilates ajuda a controlar o diabete tipo 2. As voluntárias que participaram de um programa de 12 semanas de pilates tiveram uma significativa melhora na capacidade funcional, além do exercício ter contribuído no controle da glicemia (nível de glicose no sangue).

Foto: Pixabay.com
Foto: Pixabay.com

 

Durante o período do estudo, elas foram divididas em dois grupos. Um deles não praticou a atividade. Já o outro grupo praticou três sessões semanais, de 60 minutos, de pilates.

O grupo que praticou pilates, quando comparado ao outro, apresentou melhoras na glicemia pós-prandial (medida após as refeições) e na hemoglobina glicolisada (exame que mostra a média da concentração da glicose no sangue entre 60 a 90 dias), além da já citada melhora na capacidade funcional.

O diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente ou má absorção de insulina, hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para o organismo. A doença do tipo 2 é considerada um problema de saúde pública, sendo um dos principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares, que matam por ano cerca de 300 mil pessoas no Brasil.

Neste contexto, a prática de atividade física regularmente pode ser uma grande aliada para prevenir ou controlar a doença. “O exercício físico regular, seja ele aeróbico, de resistência ou de alta intensidade, é capaz de dar uma “ajudinha” para que a insulina faça melhor seu trabalho, consequentemente baixando os níveis de glicose no sangue”, destacou o médico Dr. Mateus Dornelles Severo ao site diabetes.org.

Pilates

O pilates consiste em uma série de exercícios que conta com seis princípios básicos: concentração, controle, precisão, centro, respiração e fluidez, sendo indicado para pessoas com diferentes necessidades e objetivos, desde atletas, idosos, bailarinos, gestantes e pessoas em reabilitação.

Dentre os principais benefícios aos praticantes da modalidade estão o aumento da resistência física, melhora da modalidade, tonificação da musculatura, contribuição para a correção de problemas posturais, bem-estar, melhora na respiração, reabilitação do corpo, qualidade do sono, relaxamento, controle do peso e outras contribuições para a qualidade de vida.

Alguns exercícios são realizados apenas com o peso do próprio corpo, como o The Cork Screw, em que a pessoa fica deitada de barriga para cima com as pernas estendidas para o teto, inspirando e circulando as duas pernas para primeira metade e expirando e realizando a outra metade do círculo.

Já outros exercícios são realizados com uma bola de pilates sendo uma das formas  mais comuns de desenvolver os movimentos do método no solo, contribuindo para a reabilitação e fortificação do corpo.

Outro benefício dos exercícios é contribuir para a saúde mental, aliviando a ansiedade e o estresse acumulado durante o dia a dia das pessoas.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *